Dá para apagar as marcas do tempo sem cirurgia?

Dá para apagar as marcas do tempo sem cirurgia?

Atualizado: Quarta-feira, 19 Março de 2008 as 12

Ao envelhecer a gente devia ganhar apenas experiência, mas infelizmente, os cabelos brancos, as ruguinhas e marcas de expressão estão incluídas no pacote. Isso sem mencionar a gordurinha localizada? Para quase todos estes probleminhas da mulher madura, a ciência providenciou a solução, sobretudo para quem tem pavor de cirurgias de qualquer tipo. Uma prova disso são as injeções de toxina botulínica e ácido hilaurônico, duas substâncias que atenuam o envelhecimento do rosto. Uma solução para os medrosos que abominam qualquer aspecto de envelhecimento no rosto.

O resultado é imediato, porém temporário. A duração do efeito varia de 3 a 8 meses. São injeções pequenas que podem fazer maravilhas.

O procedimento deve ser feito por um médico, de preferência especializado. "É necessário um conhecimento de anatomia, para injetar algo no músculo (no caso da toxina botulínica) ou na pele (no caso do ácido hilaurônico), é preciso saber onde está o músculo, o nervo, as veias e assim por diante", afirma o Lecy Marcondes Cabral, diretor da Clínica Integrada de Cirurgia Plástica de São Paulo.

Recentemente, o uso do Botox (um dos nomes comerciais da toxina botulínica) para reduzir rugas foi aprovado pela autoridade sanitária dos Estados Unidos - Food and Drug Administration - FDA- o que preocupa muito o corpo médico brasileiro. Não faz muito tempo, soube-se que as festas do Botox estão ficando populares na Europa.. "Para estes procedimentos deve-se ter um grau mínimo de concentração e assepsia, estas festas não são, de maneira nenhuma, o local adequado", alerta o Dr Lecy Cabral. O medo é que o uso indiscriminado destes produtos atinja em cheio a saúde dos mais vaidosos. "O fato de liberar vulgariza e acaba acontecendo este tipo de inadequação", completa.

Para que são indicados e como funcionam

É possível sim ter rostinho de boneca muito depois dos vinte aninhos. Mas deve-se usar os tratamentos como aliados, sem exageros e com muito cuidado e comedimento. Muitas pessoas que desejam tomar estas injeçõeszinhas milagrosas, desses 70% são mulheres e os homens ocupam os outros 30%. Para atender a esta clientela, um médico deve estudar caso a caso a necessidade e o tipo de aplicação mais conveniente.

Sumindo com as rugas de preocupação

A toxina botulínica, como o próprio nome já diz, é uma toxina e, o que ela faz é paralisar os músculos. Ela é indicada, portanto, para as marcas de expressão dinâmicas, isto é, aquelas formadas com a movimentação constante de alguns músculos da face. Ela os "congela" temporariamente, fazendo com que as marcas sumam ou sejam muito amenizadas.

Indicação: região do pé de galinha, testa

Quando o efeito acaba, pode-se fazer uma nova aplicação. "A musculatura sempre volta a fazer a contração, e pode-se usar novamente a toxina botulínica.", diz o especialista.

Existem riscos de efeito colateral e respostas individuais ao tratamento, mas são muito raros. Um dos perigos está na concentração da toxina, um excesso pode ocasionar dores de cabeça após a aplicação, por exemplo. Mas, se tudo for feito de maneira adequada e tomando-se os devidos cuidados será apenas adeus ruguinhas!

Já o ácido hilaurônico (Perlane, Restylene) é usado para preenchimento. Ao contrário da toxina que é injetada no músculo ele é colocado na própria pele, ocupando espaços que formam sulcos e depressões.

Indicação: rugas e sulcos em torno da boca.

Estes tratamentos, além de funções meramente embelezadoras podem ajudar em casos de cicatrizes ou mesmo em outras áreas da medicina que não estética. A toxina botulínica, por exemplo, era inicialmente utilizada pela oftalmologia e neurologia para correção de contrações musculares involuntárias. De qualquer maneira é sempre bom estar por dentro das opções, porém sempre que desejar fazer um tratamento que não seja puramente cosmético procure um médico.

Postado por: Claudia Moraes

veja também