Dentes saudáveis

Dentes saudáveis

Atualizado: Quinta-feira, 11 Novembro de 2010 as 4:16

Gengivas saudáveis são a base de uma boa condição dentária. Uma escovação deficiente favorece a formação da placa bacteriana provocando a gengivite.

Nessa fase, a gengiva torna-se vermelha, inchada e com sangramento. Se não houver a remoção da placa e o tratamento adequado, pode evoluir para uma doença periodontal e acarretar a perda dos dentes.

Limpeza perfeita

A limpeza profissional é extremamente importante, pois uma vez que a placa se acumula e endurece, ou torna-se tártaro, apenas o dentista ou um *higienista podem removê-la.

Dicas para prevenir a gengivite:

- A correta escovação e uso apropriado do fio dental para remover placas e restos, e controle periódico do aparecimento de tártaro. Vá ao dentista duas vezes ao ano.

- Alimentação correta para garantir nutrição adequada para o osso da mandíbula/maxilar e dos dentes. Capriche nos vegetais integrais e frutas como maçã, pêra e pêssego, que aportam nutrientes importantes para a mucosa bucal.

- Evite cigarros e outras formas de tabaco.

Cremes cosméticos

Você sabia que a remoção da placa bacteriana é 70% maior quando se usa pasta de dentes? Além disso a formação de uma nova placa é reduzida em 45% com o uso de um bom produto. A escolha da pasta de dentes deve ser feita com critério para não afetar e desequilibrar a ecologia da área compreendida pela boca, língua e dentes.

As pastas de dente são formuladas com diversas categorias de ingredientes, vou explicar cada um deles.

O abrasivo é agente de polimento, normalmente representados pelo carbonato de cálcio ou pelo bicarbonato de sódio.

O agente de limpeza é um tensoativo, o mais usado é o lauril sulfato de sódio, que remove as impurezaas e faz espuma.

A glicerina é o agente umedecedor, que facilita a remoção das sujidades.

Entra também o sorbitol como adoçante e um aromatizante, que vai dar o sabor.

O flúor, na forma de fluoreto de sódio, é fundamental, sua presença garante a formação de um biofilme de ação protetora, que impede a proliferação microbiana e é responsável pela manutenção do pH ideal da saliva.

Com isso os riscos de cárie e doenças gengivais são muito minimizados.

Hoje existem variantes com propriedades antiplaca, antitartaro e clareadores que devem ser indicadas pelo seu dentista.

veja também