Dependente de Tranquilizantes?

Médicos alertam para dependência de tranquilizantes

Atualizado: Quarta-feira, 3 Outubro de 2012 as 10:20

Um alerta que vem da Inglaterra pode ser transferido para outros países: o consumo indiscrimado de tranquilizantes. Remédios que deveriam ser tomados por curtos períodos estão sendo ministrados continuamente, causando dependência. Estima-se que na Inglaterra mais de 1,5 milhão de pessoas estão fazendo uso errado de substâncias, como diazepam, benzodiazepinas, entre outros.

Um estudo publicado no British Medical Journalaponta que tais remédios estão associados ao aumento de casos de demência e outras pesquisas já associaram o abuso de tranquilizantes a mortes prematuras. "Não há dúvidas que benzodiazepinas podem causar dependência, mas se usadas direito e por curtos períodos, podem tratar casos de ansiedade", diz o médico Owen Bowden-Jones, da Royal College of Psychiatry, ao jornal Daily Mail. No entanto, pesquisas estimam que 8% de pessoas com mais de 65 anos estejam consumindo os remédios de acordo com a própria vontade.

As principais consequências são estado de permanente confusão, lapsos de memória e cansaço extremo. E quando param com a medicação, sofrem sintomas de abstinência, como dores abdominais, enjoos e perda de apetite.

veja também