MENU

Saúde

Depressão no ambiente de trabalho: um problema enfrentado por muitos

Depressão no ambiente de trabalho: um problema enfrentado por muitos

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:55

E não adianta “se animar”, pois a depressão não vai embora assim, de forma rápida. Não há vitaminas, férias ou qualquer outro fator que possa combater a depressão de forma rápida e definitiva. Isso porque a depressão é um transtorno que afeta a saúde mental, e não apenas sinal de fraqueza.

A depressão pode afetar homens e mulheres de qualquer idade, nível educacional e status econômico e social. Um estudo canadense mostrou, entretanto, que as pessoas mais suscetíveis a sentimentos depressivos têm idade entre 24 e 44 anos e estão empregadas. Esse mesmo estudo, feito pela Associação Canadense de Saúde Mental, indica que 1 em cada 20 funcionários de uma empresa pode estar desenvolvendo a depressão. E combater esse transtorno é importante para todas as pessoas envolvidas com o indivíduo que está desenvolvendo depressão.

E o transtorno pode aparecer gradualmente para algumas pessoas e subitamente para outras. Entre as mudanças pessoais que se pode observar em uma pessoa que esteja deprimida é possível listar irritabilidade, comportamentos de evitação do convívio social, falta de esperança com a vida, fadiga crônica e aumento do consumo de bebidas alcoólicas ou outras drogas.

No trabalho, isso leva a maiores dificuldades de tomar decisões, diminuição da produtividade, falta de concentração, mais erros cometidos e, consequentemente, mais acidentes de trabalho. Isso sem contar a falta de entusiasmo com as tarefas diárias.

Mas no trabalho, ao contrário da vida pessoal, é mais fácil mascarar o transtorno. Afinal, ninguém quer se mostrar como vítima ou ser estigmatizado pelos colegas de trabalho. E isso pode fazer que as pessoas não procurem ajuda. Nesse ponto, o risco de ser demitido também aumenta, e isso pode agravar ainda mais o quadro da depressão. Vale lembrar que em 80% dos casos, apenas identificar o transtorno – com a ajuda de um profissional de saúde mental – pode ajudar a inverter o quadro de maneira positiva. E no caso de depressão severa, vale lembrar que 15% desses indivíduos têm pensamento suicida. Ou seja, identificar a condição pode ser vital para esses indivíduos.

E para aqueles que não se sentem deprimidos, vale a lembrança: ajudar alguém próximo a lidar com a condição é algo importante. Demonstre que você respeita os sentimentos dessa pessoa e a encoraje a procurar ajuda, pois assim como em toda condição de saúde, é importante procurar um especialista (um psicólogo, nesse caso). Você não estará fazendo um favor para a pessoa, mas protegendo tanto ela quanto sua família, além de promover maior bem-estar dentro da sua equipe de trabalho, por exemplo.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições