Deslocamento da gengiva pode causar sensibilidade dental e comprometer a saúde bucal

Deslocamento da gengiva pode causar sensibilidade dental e comprometer a saúde bucal

Atualizado: Quarta-feira, 26 Agosto de 2009 as 12

Saborear refeições ou bebidas quentes ou frias e ao mesmo tempo sentir dor pode representar mais do que uma simples sensibilidade dental momentânea. Muitas vezes, a sensação dolorosa é resultado de um deslocamento da gengiva (retração gengival), onde um só dente ou vários sofrem com a exposição da raiz ocasionada pelo afastamento da gengiva com a coroa do dente. Desprotegidos, a harmonia dos dentes pode ser afetada e o incômodo da sensibilidade dentária pode ser constante.

O especialista em implantondontia Sidnei Goldmann explica que o tecido gengival atua como um colar de proteção ao redor do dente e, quando acontece o seu deslocamento, a saúde do dente pode ser afetada. "Quando o tecido gengival se desloca, ou seja, se retrai expondo a raiz dentária, surge a sensibilidade. No entanto, essa dor faz com que os dentes fiquem vulneráveis às cáries e doenças gengivas, pois o ato de higienizar (escovar e lavar a boca) não é feito corretamente por elevar a sensação de dor", diz Goldmann.

Resultado de diversos fatores, o deslocamento gengival pode ser consequencia de um trauma mecânico na gengiva provocado por uma escovação exagerada (forte fricção da escova de cerdas duras sobre o tecido da gengiva). Outra determinante que também tem a retração como resultado é a gengiva inflamada pela presença de placas bacterianas. E, devido às forças excessivas (pressão) sobre os dentes, a má posição dentária ou, até mesmo, as restaurações irregulares são colaboradoras para gerar um deslocamento da gengiva. "A posição alta dos freios labiais e lingual, os movimentos ortodônticos realizados de maneira incorreta e dentes apinhados (encavalados) também podem trazer como consequencia a retração", ressalta o especialista.

Para tratar essa alteração na gengiva, os dentistas são unânimes em ressaltar que os métodos variam de acordo com o tipo de causa do deslocamento. "Para a escovação agressiva (traumatismo mecânico), o dentista deve orientar sobre a forma adequada de higienização bucal. Para o acúmulo de bactéria na gengiva, a limpeza profissional, chamada de raspagem é a recomendada. O ajuste oclusal se faz mais do que necessário quando existe a má posição dentária. Um tratamento mais específico para eliminar hábitos nocivos que pressionam os dentes também deve ser feito. E, se o caso for excesso de materiais restauradores a remoção do que está sobrando deve ser imediata", explica Dr. Sidnei Goldmann.

O deslocamento da gengiva, segundo o especialista Goldmann, não provoca a perda do dente, desde que as causas sejam tratadas e que não haja inflamação.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também