Dicas para evitar o mesmo problema de saúde de Obama

Dicas para evitar o mesmo problema de saúde de Obama

Atualizado: Terça-feira, 23 Março de 2010 as 12

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil. De acordo com o Ministério da Saúde, só em 2006 foram registrados 300 mil mortes por infartos ou derrames. O problema não ocorre só por aqui. No mundo, os casos de ataques cardíacos são ainda mais elevados, 17 milhões de mortes por ano. O principal inimigo dessas doenças é o colesterol elevado, e cerca de 50% dos casos poderiam ser evitados se os níveis de colesterol ruim fossem controlados.

Existem dois tipos de colesterol no sangue: o bom e o ruim. O colesterol ruim (LDL) é responsável por depositar gordura nas paredes das artérias, já o bom (HDL) transporta o colesterol das células para o fígado, eliminando-o pela bile e fezes.

Recentemente, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi detectado com uma taxa alta de colesterol ruim no sangue. Obama foi orientado por seus médicos a melhorar a dieta alimentar, reduzindo principalmente as sobremesas, e também a parar de fumar.

Atitudes simples como a melhora dos hábitos alimentares e um estilo de vida mais saudável podem contribuir para a redução desse colesterol que faz mal. A nutricionista Gisele Pavin elaborou dez dicas para quem quer manter uma vida saudável e jogar o colesterol ruim para bem longe. Veja abaixo:

1) Reduza o consumo de gorduras saturadas - laticínios com alto teor de gorduras, aquela gordurinha aparente das carnes, pele de aves e embutidos. As gorduras saturadas elevam ainda mais o colesterol ruim.

2) Reduza o consumo de gorduras trans - biscoitos, bolos, massas folhadas e produtos industrializados que utilizam o processo de hidrogenação parcial da gordura. A gordura trans, além de aumentar o colesterol ruim, diminui o colesterol bom, sendo ainda mais prejudicial que a gordura saturada.

3) Aposte em alimentos que auxiliam na redução do colesterol ruim, como nozes, castanhas, soja, salmão e sardinha.

4) As margarinas sem gorduras trans são uma ótima opção para serem utilizadas no café da manhã para passar no pãozinho do dia-a-dia. Elas contêm gorduras boas (mono e poliinsaturadas) que auxiliam a manter a saúde do coração.

5) A maionese industrializada também é uma opção, pois ao contrário do que muitas pessoas acreditam, ela contém poucas calorias, poucas gorduras e pouco colesterol. Por conter óleos vegetais, também possui gorduras boas e ômega-3.

6) Aposte nos alimentos enriquecidos com fitoesteróis. Os fitoesteróis são extratos de plantas e óleos vegetais que auxiliam na redução da absorção do colesterol pelo nosso organismo. No mercado já temos opções de alimentos enriquecidos com fitoesterol como margarinas, bebida láctea e iogurtes.

7) Consuma aveia. Ela possui uma fibra chamada beta-glucana,que auxilia na redução do colesterol.

8) O consumo de no mínimo 25g de soja por dia também auxilia na redução do colesterol. Além de conter fibras, a soja possui gorduras boas. Estas 25g podem ser obtidas pelo consumo de bebidas a base de soja, alimentos feitos com a proteína texturizadas da soja ou pelo próprio grão.

9) Deixe o sedentarismo de lado. A prática de exercícios físicos é fundamental para manter um estilo de vida saudável e a saúde do coração.

10) Consulte sempre um nutricionista e não deixe de fazer o exame do colesterol para monitorá-lo. A descoberta do aumento do colesterol e as mudanças precoces na alimentação e estilo de vida podem garantir os cuidados com o seu coração.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também