Dicas para o sono depois do horário de verão

Dicas para o sono depois do horário de verão

Atualizado: Segunda-feira, 22 Fevereiro de 2010 as 12

Quem teve que mudar a rotina e os horários de dormir e acordar por causa do Horário de verão, tem agora que se adaptar a nova mudança. Na virada desse sábado (20) para o domingo (21), os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste atrasaram seus relógios em uma hora. Essa horinha a mais todos os dias podem aumentar a probabilidade de alterações de sono ao longo desta semana.

Em longo prazo, elas podem ser prejudiciais a produtividade no trabalho e até arriscada para quem precisa dirigir ou fazer tarefas nas quais a sonolência é um vilão. Para evitar a bagunça no sono e mantê-lo em ordem, veja abaixo as dicas dadas por especialistas:

Para a neurologista Anna Karla Smith, especialista em sono da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), o primeiro passo para que manter o sono em dia é respeitar os horários do relógio, ou seja, tentar ao máximo seguir a rotina. Se você costuma dormir às 22h, faço o mesmo depois da mudança de horário, por mais que sinta sono mais cedo.

Respeitar o relógio biológico é muito importante para manter o sono em ordem e evitar a sonolência ao longo do dia, ensina a neurologista.

- Tente sempre dormir no mesmo horário. Uma irregularidade dificulta mais ainda que o seu relógio biológico entenda seu horário. Quando a gente dorme, há alterações psicológicas e hormonais que dependem da regularidade do sono.

Luminosidade e alimentação adequada

Outro ponto importante é ficar atento à luminosidade. Uma das dicas de Anna Karla é deixar a janela entreaberta ou com uma fresta de cortina aberta, antes de dormir, para deixar parte do sol iluminar o quarto durante a manhã. "A luminosidade inibe a mobilização do hormônio melatonina que promove a sonolência. Ele começa a ser liberado quando escurece." Por isso, se você quiser manter o horário de sono regular, evite assistir a televisão ou acessar o computador antes de dormir.

Evitar o consumo de café ou chá preto e fazer exercícios físicos muito fortes após às 21h também ajuda a regularizar o sono, ensina o clínico-geral do Hospital das Clínicas de São Paulo, Jacob Faintuch. Para o clínico, se alimentar demais no jantar, ir dormir sem comer, tomar banho muito frio ou muito quente, e ler livros ou ver filmes muito estimulantes nas horas que antecedem o sono também atrapalham a pegar no sono.

- O horário de verão não é única instância que desequilibra o organismo. Novos turnos de trabalho ou viagens internacionais podem agir da mesma forma, lembra. Para manter a saúde, esses cuidados com o sono devem ser constantes o ano todo. "Dificuldade de dormir ou de acordar podem predispor o paciente a problemas cardíacos. O infarto, por exemplo, costuma ocorrer algumas horas depois de acordar e, principalmente, na segunda-feira, dia que o estresse comumente aumenta", diz Faintuch.

Por CamilaNeumam

veja também