Diferença de preço entre medicamentos chega a 421% em SP

Diferença de preço entre medicamentos chega a 421% em SP

Atualizado: Sexta-feira, 26 Março de 2010 as 12

Um levantamento realizado em 15 farmácias aponta diferenças de preços entre medicamentos de marca de até 123% e entre genéricos, de 421%.

Para a pesquisa, realizada pela Fundação Procon pela segunda vez neste ano, foram selecionados 99 remédios, como antidepressivos, antibióticos e antitérmicos.

Os preços foram obtidos de 3 a 5 de março em farmácias escolhidas aleatoriamente nas cinco regiões da cidade -três estabelecimentos em cada região.

Entre os medicamentos de referência, o Valium (da Roche) apresentou a maior discrepância. No período avaliado, custava R$ 9,05 nas drogarias Pão de Açúcar (zona sul), Extra (leste) e Campeã (centro). Já na Drogasil (leste), tinha o preço de R$ 4,05.

O diclofenaco sódico teve a maior diferença entre os genéricos. Enquanto era vendido por R$ 21,18 nas drogarias Pão de Açúcar, Extra e Campeã, custava R$ 12,70 na Farma Conde (zona sul).

A drogaria Pacheco (zona norte) apresentou o maior número de produtos com os preços mais baixos -41 dos 80 remédios disponíveis.

A relação completa de medicamentos e estabelecimentos avaliados pode ser acessada pelo site do Procon.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também