Distúrbio alimentar grave tem ligação com abuso sexual na infância

Distúrbio alimentar grave tem ligação com abuso sexual na infância

Atualizado: Quinta-feira, 13 Maio de 2010 as 2:13

Ao pesquisar os sintomas de pessoas diagnosticadas com problemas de distúrbio alimentar, como bulimia e anorexia, psiquiatras do Jewish General Hospital, no Canadá, relacionaram grande parte dos casos com pessoas que sofreram abusos sexuais ou emocionais na infância.

Os pesquisadores estudaram 170 casos e perceberam que entre eles havia muitas histórias que relatavam abusos. Isso porque, segundo o psiquiatra David Dunkley pessoas que mostram muita insatisfação com o corpo refletem em relatos de abuso sexual ou emocional na infância.

Segundo a Agência Pública de Saúde do Canadá, estima-se que 2% da população adulta da América do Norte sofre de distúrbio alimentar, o que no só no Canadá corresponde a 450 mil pessoas, mais 4 milhões de norte-americanos. Há o dobro de casos entre mulheres, comparado aos homens.

Depois do resultado da pesquisa, Dunkley sugere que os terapeutas observem se o há alto-crítica exagerada do corpo em casos suspeitos de abuso de crianças.

- Nos não levamos em conta teorias alternativas, como abusos emocionais na infância ligados à depressão, que estão ligados a falta de satisfação com o corpo e a alto-crítica.

veja também