Doença de alzheimer atinge 3% da população brasileira acima dos 65 anos de idade

Doença de alzheimer atinge 3% da população brasileira acima dos 65 anos de idade

Atualizado: Sexta-feira, 19 Setembro de 2008 as 12

Palestra na UFSCar explicará os sintomas da doença e as perspectivas de tratamento Cerca de 3% da população do Brasil, na faixa etária acima dos 65 anos, tem a doença de Alzheimer. Esse dado preocupante será um dos pontos da palestra "Doença de Alzheimer: um problema de Saúde Pública", que será ministrada na próxima quarta-feira, dia 24 de setembro, pelo professor Francisco Vale, do Departamento de Medicina da UFSCar. O evento acontece às 19h, no anfiteatro Bento Prado Júnior, na área Norte do campus São Carlos da Universidade.

A palestra faz parte das atividades do Dia Mundial do Alzheimer, celebrado no dia 21 de setembro. A proposta é discutir a questão do envelhecimento da população brasileira e as perspectivas recentes para o tratamento da doença de Alzheimer. Vale explicará o que é e quais são os sintomas da doença, e apresentará as estatísticas que mostram o aumento do Alzheimer no Brasil e as perspectivas de tratamento.

O Alzheimer é uma doença neurológica, de natureza degenerativa, ainda sem causa conhecida. Os principais sintomas são a perda progressiva da memória, dificuldades de raciocínio e alteração de comportamento. Além do paciente, a doença traz consequências para a família. A palestra está sendo organizada pelo Centro de Orientação ao Idoso e seu Cuidador da UFSCar e pela Unidade Saúde-Escola (USE). Os interessados em participar devem enviar mensagem com nome, curso ou profissão e instituição para o e-mail [email protected]

veja também