Doença rara priva norte-americana de expressões faciais como o sorriso

Doença rara priva norte-americana de expressões faciais como o sorriso

Atualizado: Sexta-feira, 28 Janeiro de 2011 as 8:35

Uma norte-americana de 42 anos convive com uma doença rara que a impede de sorrir e realizar outras expressões com o rosto. Elisa Relyea é portadora da Síndrome de Moebius, distúrbio que causa a paralisia total ou parcial dos músculos da face, responsáveis pelas expressões e pela movimentação das pálpebras.

Sem cura disponível, Elisa passou por cirurgias durante a vida, que a permitiram mexer minimamente as estruturas da face. Para compensar a falta de expressão, a norte-americana usa gestos com as mãos e altera a voz com o objetivo de transmitir melhor o que sente.

Casada com Tim Relyea, Elisa tem dois filhos. Emily tem apenas 1 ano. Já Caleb, com 4 anos, também é portador da síndrome.

As causas para a doença ainda não são conhecidas pela medicina, mas há hipóteses que apontam defeitos na formação do nervo motor, que está ligado aos músculos da face. Outra possibilidade seria a ausência de tecidos musculares suficientes para a realização dos movimentos na região.

veja também