Doentes crônicos não devem assistir aos jogos sozinhos, diz especialista

Doentes crônicos não devem assistir aos jogos sozinhos, diz especialista

Atualizado: Quarta-feira, 16 Junho de 2010 as 8:18

Um estudo realizado em 2006, durante a Copa do Mundo da Alemanha, avaliou 4.279 pacientes admitidos em hospitais da região de Munique, no sul do país, durante os jogos da seleção alemã.

Os pesquisadores compararam os atendimentos entre o mês imediatamente anterior ao evento e o mesmo período de 2003 e 2005.

Eles constataram que, nos dias das partidas da Alemanha, o número de emergências cardíacas, como infarto e crises hipertensivas, foi 2,7 vezes maior do que nas outras épocas avaliadas -com maior número de problemas até duas horas depois do início do jogo.

Entre os homens, as taxas foram mais altas: houve 3,2 vezes mais problemas cardíacos entre os alemães nos dias em que a Alemanha jogou.

Os resultados foram publicados em 2008 no "New England Journal of Medicine", que é uma das principais literaturas médicas do mundo.

Para a coordenadora da saúde do adulto da Secretaria Municipal de São Paulo, Marcia Massironi, a ingestão de petiscos salgados e gordurosos, além de bebidas alcoólicas podem elevar ainda a mais a chance de um problema cardíaco.

"Em casos extremos, recomenda-se que o paciente não assista aos jogos, mas isso é muito difícil", reconhece. No caso do hipertensos que não conseguem se afastar da TV, ela ressalta a importância de obedecer os horários dos remédios controlados, além de nunca assistir aos jogos sozinhos.

veja também