Dose única de vacina contra as gripes comum e suína confunde idosos em SP

Dose única de vacina contra as gripes comum e suína confunde idosos em SP

Atualizado: Terça-feira, 11 Maio de 2010 as 2:28

O uso da vacina de dose única causou confusão com idosos que compareceram nos postos de saúde de São Paulo nos últimos dias. Essa vacina contém os antígenos das duas gripes, a comum e a influenza A (H1N1), mais conhecida como suína. Com isso, em uma só aplicação ela é capaz de imunizar contra as duas formas de gripe.

O Ministério da Saúde tinha divulgado que as vacinas seriam dadas separadamente. Dessa maneira, pessoas com mais de 60 anos portadores de doenças crônicas, únicos entre os idosos com recomendação para a vacina contra a gripe suína, receberiam uma aplicação em cada braço.

Mas problemas com parte dos imunizantes importados da França e que seriam acondicionados no Instituto Butantã, ligado ao governo de São Paulo, levaram à compra da vacina de dose única importada. A dose única se chama vacina trivalente, porque leva material de dois vírus da gripe comum e o da suína.

Em nota, o governo de São Paulo informou ontem que deveria formular e entregar 18 milhões de doses, mas entregou 16 milhões, apenas os que passaram em testes de qualidade. Os 2 milhões restantes não foram aprovados e o órgão foi ao mercado comprar a vacina trivalente. Segundo o governo estadual, o imunizante não traz nenhum risco.

veja também