Em greve há duas semanas, médicos-residentes fazem protesto em SP

Em greve há duas semanas, médicos-residentes fazem protesto em SP

Atualizado: Quarta-feira, 1 Setembro de 2010 as 8:18

Médicos-residentes, que estão em greve em todo o país há 14 dias, fizeram nesta terça-feira (31) um protesto em frente à Assembleia Legislativa, no bairro do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo. Os grevistas participaram de uma reunião da Comissão de Saúde da Assembleia.

Além do reajuste de 38,7% na bolsa-auxílio (hoje em R$ 1.916,45), a categoria reivindica a extensão do auxílio-moradia e auxílio-alimentação a todo o país. O governo oferece aumento de 20% a partir de janeiro de 2011 e o MEC (Ministério da Educação) diz que só volta a negociar quando os profissionais retomarem o trabalho.

Na última quinta-feira (26), a ANMR (Associação Nacional de Médicos-Residentes), que lidera o movimento, propôs um reajuste em duas etapas (28,7% em setembro deste ano e 10% em 12 meses), mas a proposta foi recusada pelo governo. De acordo com o movimento, 90% dos 22 mil médicos-residentes do país aderiram à paralisação.

veja também