Endometriose pode manifestar primeiros sintomas ainda na adolescência

Endometriose pode manifestar primeiros sintomas ainda na adolescência

Atualizado: Sexta-feira, 26 Agosto de 2011 as 9:08

  Cólicas fortes e irregularidade na menstruação são muitas vezes encaradas como sintomas comuns do ciclo menstrual na juventude. No entanto, quando investigados, os problemas podem revelar quadro clínico de endometriose.

Todos os meses o tecido do endométrio, que reveste a cavidade interior do útero, descama ao final do período caracterizando a menstruação. A endometriose, por sua vez, consiste no crescimento desse tecido fora da cavidade uterina, como nas trompas de falópio, ovários, septo reto-vaginal, entre outros locais inadequados.

Os primeiros sinais da endometriose podem  aparecer ainda na adolescência. De acordo com o ginecologista do Hospital São Luiz dr. Nicolau D´amalo, o s sintomas desse período estão relacionados a fase inicial da doença. “Esse momento é marcado por cólicas menstruais que pioram com o tempo e que necessitam  de medicamentos cada vez mais potentes”, afirma.

Sua causa ainda é pouco conhecida , sabe-se apenas que a doença pode ter  caráter hereditário, por isso, é preciso ficar atento a meninas com sintomas de endometriose, que tenham antecentes da doença na família. Nesses casos o tratamento é feito com ingestão de omega 6 e uso de anticoncepcionais e até mesmo atividade física.

O diagnóstico da doença pode ser realizado com ultrassonografia, ressonância magnética e exame  de sangue do tipo CA 125. Quando detectada a doença, são indicados  tratamentos clínicos como anticoncepcionais e DIUs medicados. Em casos mais graves é indicado cirurgia por meio de videolaparoscopia.

Embora a endometriose seja uma doença crônica que não tem cura, quando diagnosticada precocemente têm excelente controle, permitindo que a mulher tenha filhos, vida social e sexual normal, além dos sintomas da endometriose permanecerem praticamente imperceptíveis.

veja também