Ervas Medicinais, cultive em casa

Ervas Medicinais, cultive em casa

Atualizado: Terça-feira, 6 Setembro de 2011 as 1:02

As ervas medicinais foram a primeira opção terapêutica para tratar doenças em toda a história da humanidade.

E o interessante é que hoje, com toda a evolução na indústria química e farmacêutica, os medicamentos fitoterápicos, extraídos das plantas, continuam em alta. Tanto que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma resolução, em 2010, regulamentando a produção de drogas vegetais no Brasil.

Essa norma traz uma lista de 66 ervas, para as quais foram padronizadas as formas de uso, posologia, ações terapêuticas, possíveis reações adversas e contraindicações. "A fitoterapia vem ganhando cada vez mais adeptos na classe médica porque hoje os medicamentos desse tipo são produzidos com muito mais rigor e com extratos padronizados", garante José Armando Jr., professor de Fitoterapia da Faculdade de Medicina do ABC (SP).

E o melhor da história é que, para aproveitar todos os benefícios que vêm das plantas, é perfeitamente possível criar o seu próprio canteiro de ervas medicinais, em casa.

O único cuidado é comprar as mudas em um local onde você tenha garantia da procedência. "Muitas ervas de espécies diferentes recebem um mesmo nome popular, como acontece com o boldo, a ervacidreira e o capim-limão.

O problema é que cada planta tem uma indicação e algumas podem até ser tóxicas", alerta Dulcinéia Furtado Teixeira, tecnologista de Saúde Pública do Departamento de Produtos Naturais da Farmanguinhos/Fiocruz (RJ).

Outra orientação importante é conversar com o médico antes de fazer uso de qualquer erva, mesmo em forma de chá. "Pacientes portadores de diabetes, insuficiência renal, hipertensão, entre outras, devem informar seu médico antes de usar um fitoterápico, uma vez que ele também pode interagir com as drogas sintéticas", complementa a clínica médica e nutróloga Fátima Christina Cardoso, membro do grupo de estudos em Fitoterapia e Medicina Ortomolecular do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro.

Se usadas de forma correta, no entanto, as plantas medicinais ajudarão a tratar doenças de grande prevalência, como a gastrite, a hipertensão e o diabetes. Saiba qual é a erva que melhor atende às suas necessidades e comece a preparar o seu canteiro!

veja também