Esclarecimento sobre AIDS em "BBB 10" é tardio, dizem infectologistas

Esclarecimento sobre AIDS em "BBB 10" é tardio, dizem infectologistas

Atualizado: Terça-feira, 30 Março de 2010 as 12

Após decisão judicial, a Globo terá que exibir durante o "Big Brother Brasil 10", que termina nesta terça-feira, um esclarecimento à população sobre as formas de contração da Aids definidas pelo Ministério da Saúde.

A ação contra a emissora foi proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) após Marcelo Dourado, um dos participantes da atração, afirmar que "hétero não pega Aids", no dia 2 de fevereiro. Logo após a exibição desta cena -- no dia 9 do mesmo mês --, o apresentador Pedro Bial disse que os telespectadores deveriam entrar no site do Ministério da Saúde para consultar as informações corretas.

Para o infectologista Álvaro Furtado da Costa, o episódio foi extremamente prejudicial para a saúde pública do país. "A Globo deveria ter se retratado muito antes(...), porque do ponto de vista preventivo, é muito difícil tirar da cabeça das pessoas a ideia errada sobre a doença. Eu, como médico infectologista também exijo uma retratação", diz o especialista.

O membro do núcleo de infectologia do Hospital Sírio Libanês Esper Kallas alerta que a informação é a melhor forma de combate à epidemia do vírus HIV. "A gente não pode deixar que informações erradas ganhem aceitação dentro da população, porque assim, você abre a porta para o vírus se disseminar com mais facilidade", explica.

Doença

A Aids é a sigla em inglês da síndrome da imunodeficiência adquirida. É causada pelo HIV, vírus que ataca as células de defesa do corpo. Pode ser adquirido através de relações sexuais sem o uso de camisinha, transfusão de sangue, compartilhamento de seringas, instrumentos perfurantes contaminados com o vírus ou pela transmissão materna, durante a gravidez, parto ou aleitamento.

"O vírus não respeita necessariamente a opção sexual da pessoa, basta que ele esteja presente no momento da relação e exista condições que facilitem sua transmissão", diz Kallas.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também