Escolha do filme pode alterar o desfecho do encontro

Escolha do filme pode alterar o desfecho do encontro

Atualizado: Quinta-feira, 8 Abril de 2010 as 12

Assistir a um filme romântico pode aumentar a produção de progesterona em até 10%, e isso pode contribuir realmente para casais ficarem mais próximos, diz uma pesquisa da Universidade de Michigan. Já algo na linha de O Poderoso Chefão ou filmes com mais enfoque na violência e ação, pode aumentar o nível de testosterona e os sentimentos serão bastante diferentes.

Para chegar a esses resultados, os pesquisadores acompanharam as variações hormonais, medidas antes da sessão de cinema, após e, finalmente, 45 minutos após o término do filme de três grupos distintos. Cada grupo foi convidado a assistir filmes diferentes - um romântico, outro com muitas cenas de violência e um documentário.

Os participantes que haviam assistido a documentários não tiveram qualquer tipo de variação hormonal. Homens e mulheres que haviam participado da "sessão romântica" tinham níveis de progesterona maiores. Nesse último grupo também foi observado que o corpo das mulheres pareceu não alterar a produção de testosterona, ao contrário dos homens, que tiveram uma maior supressão na produção desse hormônio.

Já os filmes com cenas de violência mostraram resultados diferentes entre homens e mulheres. Os homens, especialmente aqueles que já tinham altos níveis de testosterona, viram o hormônio aumentar em mais de 30% acima do nível inicial.

Nas mulheres o resultado foi o inverso, como era de se esperar, mas com um agravante: aquelas que naturalmente tinham baixos níveis do hormônio no corpo ficaram extremamente desconfortáveis com a situação.

"Quando você está assistindo a um filme, seus hormônios reagem às situações, assim como seu cérebro", diz Oliver Schultheiss, pesquisador responsável pelo estudo (publicado no periódico Hormones and Behavior). "Isso pode explicar como as pessoas escolhem a que tipo de filme assistir ou não. Quando queremos estar mais próximos do namorado ou namorada é possível que naturalmente nos motivemos a assistir algo romântico. Já o organismo de outras pessoas pode estar procurando um pico de testosterona, por exemplo."

A progesterona, até onde se sabe, reduz a ansiedade, e quanto mais altos os níveis, mais atenciosas e comunicativas as pessoas ficam. Já a libido é diminuída. Nesse caso, o pico de testosterona tem o efeito inverso, aumentando o desejo sexual, mas ao mesmo tempo levando a um comportamento mais agressivo e dominante.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também