Especialista lista dicas para previnir o Alzheimer

Conheça algumas prevenções contra a doença

Atualizado: Sexta-feira, 8 Fevereiro de 2013 as 11:05

Sabe-se que o Alzheimer provoca progressiva e inexorável deterioração das funções cerebrais, como perda de memória, da linguagem, da razão e da habilidade de cuidar de si próprio. Estima-se que 10% das pessoas Pessoas com mais de 65 anos e  25% com mais de 85 anos, poderaram ter algum sintoma da doença.

Conheça algumas dicas de especialista para a prevenção do Alzheimer

Pratique exercícios físicos
Segundo o neurocientista, Gary Small, os exercícios aeróbicos, como caminhadas rápidas, ajudam a levar oxigênio e nutrientes para o cérebro.

Exercitar a mente
Não há provas científicas de que fazer palavras cruzadas evita o alzheimer, mas há pesquisas consistentes mostrando que exercícios para memória, de um modo geral, ajudam a adiar os primeiros sintomas da doença.

O uso da internet
Fazer buscas na rede é uma forma de exercitar os neurônios, o que também ajuda a manter o cérebro jovem por mais tempo

Combater o estresse
Está comprovado que o estresse crônico é prejudicial ao cérebro, por isso faça o que for possível para evitá-lo, como passar mais tempo com os amigos e praticar ioga ou meditação.

Controlar o peso
Pesquisas mostram que a obesidade aumenta o risco de desenvolver alzheimer, assim como o diabetes do tipo 2, doença que também tem relação com o acúmulo de gordura

Consumir ômega 3
Ácidos graxos desse tipo, presentes em alimentos como peixes de água fria, sementes de linhaça e nozes, são úteis para a prevenção das demências.

Tempero Curry
Estudos indicam que a cúrcuma, presente no tempero indiano, pode ser uma arma útil na prevenção do alzheimer.

Peixes
Estudos também indicam que uma dieta rica em peixes, azeite, vinho e vegetais tem efeito protetor sobre o cérebro.

Consuma frutas e vegetais antioxidantes
Segundo o neurocientista, antioxidantes presentes em frutas e vegetais ajudam a manter a saúde do cérebro. Há estudos, inclusive, que apontam o suco de romã como um aliado no combate ao alzheimer.

Beba com moderação
Estudos indicam que indivíduos que bebem com moderação têm menos risco de ter doenças como o alzheimer, especialmente o vinho tinto, que é rico em resveratrol, um composto poderoso. Entende-se como "moderação" o consumo de duas taças, para homens, e uma, para mulheres

Tome café com moderação
Doses moderadas de cafeína também podem proteger o cérebro do declínio cognitivo, segundo o neurocientista Gary Small.


Com informações de: UOL

veja também