Estado do Rio de Janeiro que vacinar 7,5 milhões contra a Rubéola

Estado do Rio de Janeiro que vacinar 7,5 milhões contra a Rubéola

Atualizado: Quinta-feira, 24 Julho de 2008 as 12

A Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro (Sesdec) quer imunizar 7,5 milhões de pessoas durante a campanha de vacinação contra a rubéola, que começa dia 9 de agosto. O objetivo é erradicar a doença e a Síndrome da Rubéola Congênita até 2010, compromisso firmado pelos países das Américas durante a 44ª Reunião do Conselho Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Tendo contraído ou não a rubéola, homens e mulheres com idade entre 12 e 39 anos devem se imunizar, independente do histórico de vacinação.

Segundo a gerente de Doenças Imunopreveníveis e de Transmissão Respiratória, Andréia Ayres, pessoas com idades entre 12 e 19 anos vão receber a vacina tríplice viral (contra rubéola, sarampo e caxumba), enquanto aqueles na faixa etária entre 20 e 39 serão imunizados com a dupla viral (rubéola e sarampo).

A vacina só não será aplicada nos seguintes casos: gestantes; pessoas com deficiência imunológica congênita ou adquirida devido a tratamentos com imunosupressores, corticosteróides, antimetabólicos ou radiação; pessoas que já tenham demonstrado reação à vacina; e pessoas com hipersensibilidade comprovada à proteína do ovo.

A gerente lembra que dados do Ministério da Saúde mostram que, em 2007, foram registrados em todo país 8.407 casos de rubéola - sendo 1,5 mil casos só no Estado do Rio. Do total de doentes, 161 eram grávidas, o que resultou em 20 recém-nascidos com Síndrome da Rubéola Congênita (SCR), cujas seqüelas são cegueira, surdez, retardo mental e cardiopatias, entre outras.

"Só no estado, no ano passado, foram registrados três casos de bebês com SCR. Este ano, já foram registrados outros dois casos. Por isso, é importante que o índice de cobertura vacinal fique o mais próximo possível dos 100%, para que alcancemos um alto nível de anticorpos contra o vírus da rubéola no estado", explica Andréia.

Durante a campanha, que se estende até o dia 12 de setembro, estarão disponíveis oito milhões de doses da vacina, em mais de dois mil postos de saúde, nos 92 municípios fluminenses. Mais de 10 mil pessoas estarão envolvidas na vacinação, que será feita sempre de 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

* Imagem ilustrativa.

Postado por: Claudia Moraes

veja também