Estilo da fala dos casais pode prever o sucesso da relação

Estilo da fala dos casais pode prever o sucesso da relação

Atualizado: Quinta-feira, 27 Janeiro de 2011 as 8:33

As pessoas costumam se sentir atraídas por outras com personalidade, valores e aparência física parecidos. No entanto, esses recursos apenas estão na superfície do que faz um relacionamento dar certo. As formas que as pessoas falam também são importantes. Um novo estudo publicado na revista "Psychological Science", uma publicação da "Association for Psychological Science", descobriu que pessoas que falam em estilos parecidos são mais compatíveis.

O estudo focou as chamadas "palavras de função". Elas não são substantivos e verbos, mas mostram como as palavras se relacionam. São difíceis de definir explicitamente, mas são usadas o tempo todo --como "o", "um", "ser", "qualquer coisa", "que", "vai", "ele", e "e". O modo como estas palavras são constitui o estilo de escrita e fala, de acordo com o coautor do estudo James Pennebaker, da Universidade do Texas em Austin.

"Palavras de função são altamente sociais e necessitam de habilidades sociais para serem usadas", disse ele. "Por exemplo, se eu estou falando sobre um artigo que está sendo publicado, e em poucos minutos, eu faço alguma referência a ele, você e eu sabemos o que o artigo quer dizer". Mas alguém que não fez parte da conversa não iria entender.

Pennebaker, Molly Ireland, e seus colegas examinaram se os estilos de fala e escrita que casais adotam durante uma conversa preveem o comportamento de um possível namoro e a força de um relacionamento de longa duração. Eles fizeram dois experimentos em que um programa de computador comparava os estilos de linguagem dos parceiros.

No primeiro estudo, casais de estudantes universitários tinham encontros de quatro minutos, enquanto suas conversas eram registradas. Quase todos os pares conversaram sobre os mesmos temas: "Qual curso você faz? De onde você é? Você gosta de faculdade?" Todas as conversa soaram mais ou menos as mesmas, mas a análise dos textos revelou diferenças acentuadas na sincronia da linguagem. Os casais cujos resultados de correspondência de estilo de linguagem estavam acima da média tinham quase quatro vezes mais chance de querer se encontrar novamente.

Um segundo estudo revelou o mesmo padrão em todos os bate-papos on-line entre casais de namorados ao longo de 10 dias. Quase 80% dos casais cujo estilo de escrita eram compatíveis ainda namoravam três meses depois, em comparação a cerca de 54% dos casais que não eram compatíveis.

O que as pessoas dizem umas às outras é importante, mas a maneira como elas estão dizendo pode ser ainda mais reveladora. As pessoas não sincronizam os discursos conscientemente, segundo Pennebaker. "O que é maravilhoso é que nós realmente não tomamos essa decisão, ela apenas sai de nossas bocas."

veja também