Instituto pede doações de leite humano para estoque no Rio de Janeiro

Instituto pede doações de leite humano para estoque no Rio de Janeiro

Atualizado: Segunda-feira, 20 Janeiro de 2014 as 12

O Instituto Fernandes Figueira, no Rio de Janeiro, divulgou no último dia 12, que o estoque do banco de leite está escasso e pede doações. Devido o período de férias, o estoque caiu 40%, o que significa cerca de 1.110 mamadas a menos.
 
O leite que é doado ao instituto alimenta bebês prematuros ou de baixo peso, internados em UTI neonatais, ou que fazem tratamento no instituto, referência nesse atendimento.
 
doação de leite maternoDevido a queda das doações por causa das festas de fim de ano e férias, muitas doadoras viajam e os bebês do Fernandes Figueira acabam sendo alimentados com uma fórmula especial, mas não tão saudável quanto o leite materno, diz a coordenadora do programa, Daniele Silva. Ela pede ajuda das mães cariocas para reabastecer o estoque da instituição.
 
"A mãe que doa ajuda a salvar vidas de bebês que estão com algum problema, alguma patologia. Se ela [a mãe], tem um bebê saudável em casa, deve pensar que está ajudando bebês a serem tão saudáveis quanto seu próprio filho", disse Daniele, em entrevista à Rádio Nacional do Rio.
 
Segundo Daniele, a doação de leite também traz benefícios para a mulher, que pode evitar inflamação no bico dos seios, a chamada de mastite. "Quando a mãe produz muito leite, e o bebê não mama, ela pode ter uma inflação. Quanto mais tirar [o leite], menor a possibilidade de ter".
 
 
Para quem quer doar leite, basta contatar o banco de leite pelo telefone 08000-268877. Uma equipe esclarecerá sobre o procedimentos para a coleta, que pode ser feita em potes simples, sobre a armazenagem, no freezer, e marcar o dia de buscar o leite na casa da doadora.
 
 
Com informações de: Viva Bem 

veja também