Estresse e refrigerante aumentam ronco no estômago

Estresse e refrigerante aumentam ronco no estômago

Atualizado: Quinta-feira, 21 Janeiro de 2010 as 12

No title A maioria dos ruídos como esse reflete processos digestivos comuns e não são preocupantes, especialmente se nenhum outro sintoma estiver presente, explica Jeffrey Milsom, diretor do Centro de Tratamento Digestivo do NewYork-Presbyterian Hospital/Weill Cornell Medical Center.

Os sons, que ocorrem frequentemente -mas não sempre- após comer ou beber, são causados quando o "ar, ou uma mistura de ar e fluidos dentro do canal intestinal, passa pelo canal durante a ação normal de propulsão", diz Milsom.

Fluidos gasosos, como refrigerantes, podem levar a mais sons logo após engolir, disse ele. O nível do ruído é afetado por muitos outros fatores, incluindo o estado mental da pessoa, como nervosismo ou tensão possivelmente aumentando o "ronco"; o nível de ruído do ambiente, com muitas pessoas percebendo os sons na cama, à noite; e o tipo de alimento consumido, assim como a velocidade de sua ingestão.

Doenças primárias podem levar a tipos anormais de sons, como de tons mais altos ou barulhos apressados e contínuos, explica Milsom. Esses sons, que podem estar relacionados a um estreitamento do intestino, são geralmente acompanhados por dores ou outros sintomas.

Se os sons abdominais forem persistentes, piorarem ou chegarem acompanhados de dores, diz ele, é melhor procurar um médico.

veja também