Estudo diz que chocolate e vinho podem não ser benéficos ao coração

Chocolate e vinho podem não ser benéficos ao coração

Atualizado: Segunda-feira, 3 Setembro de 2012 as 12:56

A alegria de muita gente pode ter os dias contados. Afinal, muito se fala sobre os benefícios ao coração proporcionados pelo chocolate amargo e pelo vinho tinto. Mas cientistas acabam de afirmar que não há evidências de que realmente eles podem ajudar a prevenir ou combater doenças cardíacas. Os dados foram divulgados na última terça-feira (28), no Congresso Europeu de Cardiologia, em Munique, Alemanha, e apresentados pelo jornal Daily Mail.

Steffen Desch, do Centro do Coração da Universidade de Leipzig, na Alemanha, disse que é falho o estudo que concluiu que comer um quadrado de chocolate por dia pode reduzir em 37% o risco de patologia cardíaca. “Apesar dos estudos, ainda não posso recomendar o chocolate amargo. Não há nenhuma evidência forte de um benefício e nenhuma explicação clara de um mecanismo eficaz”, completou.

Eric Sijbrands, do Centro Médico da Universidade Erasmus, na Holanda, liderou levantamentos que não conseguiram reproduzir os benefícios cardíacos de tomar resveratrol, encontrado no vinho. Ingeri-lo em cápsulas por quatro semanas não baixou a pressão arterial de pacientes hipertensos. “Certamente, nunca prescreveria vinho tinto para um problema cardíaco e, mesmo que me perguntassem sobre isso, seria cauteloso."

veja também