Estudo mostra que idosos apresentam risco de desnutrição

Estudo mostra que idosos apresentam risco de desnutrição

Atualizado: Segunda-feira, 9 Dezembro de 2013 as 6

Estudo mostra que idosos apresentam risco de desnutriçãoEstudo realizado pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) entre janeiro e maio deste ano mostra que quase metade dos idosos internados no Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), na zona sul da capital paulista, apresenta risco de desnutrição. 
 
Durante cinco meses, foram avaliados, por meio de fichas de triagem nutricional, dados de 2,8 mil idosos internados, excluindo os que tiveram alta hospitalar ou óbito antes do fim da triagem e pacientes sem condições para avaliação, além dos que estavam internados nos serviços de psiquiatria, pronto-socorro e emergência.
 
Os resultados apontam que 47,39% dos casos analisados apresentaram risco de desnutrição, com base no método NRS-2002 (Nutritional Risk Screening), indicado para pacientes hospitalizados.
 
Segundo Fernanda Lima, nutricionista do HSPE, o idoso é mais suscetível a alterações em decorrência das mudanças compatíveis com o envelhecimento, estado nutricional, predisposição genética, inatividade física e patologias frequentemente associadas à idade.
 
A nutricionista ressalta que diversos fatores estão associados à desnutrição, tais como baixa ingestão alimentar, complicações relacionadas a doenças crônicas, idade avançada e perda de peso involuntária. 
 
“Identificar precocemente estes pacientes pode contribuir para a eficácia do tratamento, diminuindo o tempo de internação”, diz.
 
O Iamspe responde pelo atendimento de 10% da população idosa no Estado de São Paulo. Cerca de 60% dos pacientes internados no HSPE têm 60 anos ou mais e exigem tratamento diferenciado, incluindo o estabelecimento de terapia nutricional específica.
 
Com informações da Assessoria de Imprensa

veja também