Evento antienvelhecimento começa hoje em SP

Evento antienvelhecimento começa hoje em SP

Atualizado: Sexta-feira, 14 Agosto de 2009 as 12

As ações para retardar o envelhecimento começam ainda no útero e se prolongam durante toda a vida. A medicina preventiva se preocupa em fazer o mapeamento genético de cada indivíduo e, a partir daí, identificar os fatores que podem detonar o process

Do que morreu o seu avô ou a sua avó? Há obesos na família? Em que idade seus ascendentes diretos adoeceram? As respostas a este questionário médico são o ponto de partida para um modelo de medicina que já é seguido por 270 mil profissionais em todo o mundo. Uma parcela deles vai se reunir no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo, nos dias 14 e 15 de agosto no 1º International Workshop of the American Academy of Anti-Aging Medicine. Será o primeiro encontro do gênero no Brasil. Médicos de diferentes especialidades irão ministrar palestras e discutir os avanços nos tratamentos em cada área de atuação com um único objetivo: adotar ações conjuntas que garantam ao indivíduo um envelhecimento saudável.

Na medicina Anti-Aging os médicos levam em conta não só o histórico clínico da família do paciente, outros fatores podem acionar o gatilho para o pacote genético que torna o indivíduo suscetível às doenças, como a qualidade e a quantidade da alimentação, o ritmo de sono, o ambiente de trabalho, o consumo químico de álcool, drogas e cigarro. O processo é deflagrado quando despertamos  padrões genéticos de doenças crônicas que já estão na nossa bagagem individual, prontas para ser acionadas.

Cabe ao médico identificar os prováveis gatilhos que vão despertar estes genes. Já se sabe que o  ambiente e o estilo de vida são determinantes para o aparecimento de  doenças crônicas. A medicina Anti-Aging se propõe a adotar medidas de combate aos chamados vilões  da saúde.  A proposta é atacar as doenças pré-existentes na família - como o diabetes, obesidade, doenças cardiovasculares, artroses ,artrite, o câncer, o mal de Alzheimer - antes que a doença se consolide na invalidez da velhice. É da interação gene – ambiente que colhemos os modelos de saúde ou doença. Se existe uma única forma de ser, existe também uma forma individual de adoecer. Reconhecer o processo de adoecimento é essencial para o bom resultado de qualquer tratamento médico. Alguns testes genéticos já começam a chamar a atenção da comunidade científica para o valor da interação gene – ambiente. Conhecer a individualidade do paciente permite ministrar a dose adequada de remédios e apontar a alimentação indicada para cada pessoa.

O 1º International Workshop da Academia Americana de Medicina anti-envelhecimento vai contar com a participação de renomados especialistas nacionais e internacionais, que apresentarão as últimas novidades e pesquisas da área. A Anti-aging é a área da Medicina que mais cresce no mundo, esta presente em 105 países, com mais de 270 mil médicos praticantes.  

O evento  vai abordar temas como a substituição de produtos sintéticos pode contribuir para tornar a vida mais saudável a partir dos 40 anos.

O programa do encontro prevê discussões sobre Menopausa, Osteoporose e Fadiga Crônica, entre outros. Para retardar os efeitos da Menopausa os especialistas em medicina Anti-Aging defendem o uso do estrogênio natural para substituir o uso da progesterona sintética, já bastante difundido e considerado de alto risco para as pacientes por causa dos efeitos colaterais. Para combater a Osteoporose a medicina Anti-Aging se utiliza do estrôncio, um mineral abundante na natureza. E para enfrentar a Fadiga Crônica a solução, segundo os especialistas em medicina Antiaging, pode estar no Cordyceps, um extrato natural usado na China há mais de 2000 mil anos.

Veja a programação completa do evento no site   http://www.anti-agingevents.com.br/ .

Serviço

1º International Workshop of the American Academy of Anti-Aging Medicine

Dias: 14 e 15 de agosto

Local: Palácio de Convenções do Anhembi, Santana, São Paulo

Auditório: Elis Regina

End.: Rua Olavo Fontoura, 1209 Pq. Anhembi /portão 35

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também