Evite os problemas com o sol e com a areia

Evite os problemas com o sol e com a areia

Atualizado: Sexta-feira, 25 Dezembro de 2009 as 12

Quem for passar as férias no litoral vai ter de tomar alguns cuidados extras com a saúde da molecada. O principal deles é a proteção da pele contra os raios ultra-violeta.

O ideal é que as crianças tomem sol aos poucos, aumentando gradativamente o tempo de exposição quando forem ficando mais bronzeadas. O período ideal para o sol é antes das dez da manhã e depois das cinco da tarde, quando os raios estão mais amenos.

Se for imprescindível levar crianças pequenas e bebês à praia, eles devem ficar à sombra. É importante que esses pequenos tomem sol para fixar o cálcio no organismo, mas apenas por dez minutos e nos períodos saudáveis. Todas as crianças devem usar filtro solar (com fator de proteção 15, no mínimo), feitos para a sua pele sensível. Um chapéu deve também ser sempre usado.

Além da atenção à exposição ao sol, outra preocupação é com parasitas como o bicho geográfico, que se encontra geralmente na areia úmida da praia. Para prevenir o contato com o parasita, o ideal é fazer com que as crianças tenham alguma proteção para sentar (uma toalha, por exemplo) e calcem chinelo. Se for impossível fazer com que seus filhos sejam tão cuidadosos, ao menos peça-os para brincar na areia seca.

Por: Thais Gurgel

veja também