Exame do pezinho irá identificar mais duas doenças congênitas

Exame do pezinho irá identificar mais duas doenças congênitas

Atualizado: Quarta-feira, 27 Novembro de 2013 as 12

O teste do pezinho realizado em recém-nascidos, começa a passar esta semana por mudanças de ampliação na detecção de mais dua doenças, além das que já são diagnosticadas hoje.

teste do pezinho
A ampliação no quadro de doenças identificadas ocorre após a habilitação do Estado de São Paulo para a chamada fase 4 da Triagem Neonatal (TNN). Com essa mudança, ambém serão detectados casos de hiperplasia adrenal congênita, grupo de doenças genéticas em que as duas glândulas suprarrenais, situadas acima dos rins, não funcionam corretamente, e para deficiência biotinidase, que pode levar às convulsões, à falta de equilíbrio, às lesões na pele, à perda de audição e ao retardo no desenvolvimento.
 
A coleta do exame não sofrerá alterações, mas sim a metodologia laboratorial das análises. O teste disponível atualmente permite a identificação do hipotiroidísmo congênito, fenilcetonúria, anemia falciforme, fibrose cística e outras hemoglobinopatias.
 
 
 
 
 
 
Com informações de: Viva Bem

 

veja também