Excesso de exercícios pode causar lesões esportivas

Excesso de exercícios pode causar lesões esportivas

Atualizado: Quinta-feira, 27 Janeiro de 2011 as 9:29

A dor aguda e a lesão, geralmente, é o resultado de um impacto específico ou um evento traumático. A dor crônica por excesso de uso, ao contrário, tende a apresentar sintomas sutis ou vagos que se desenvolvem lentamente. O que começa como uma dor pequena e irritante pode se transformar em uma lesão incapacitante, se não for reconhecida e tratada precocemente.

As lesões pelo excesso de uso são o resultado do uso repetitivo, estresse e trauma para os tecidos do corpo (músculos, tendões, ossos e articulações), quando não há tempo suficiente para a cicatrização adequada. Eles são chamados, às vezes, de traumas cumulativos, ou lesões por esforço repetitivo.

Muitas lesões esportivas que causam dores sutis são lesões por sobrecarga. Elas costumam ocorrer no início de uma nova rotina de exercícios (muito exercício em pouco tempo), ou em exercícios de longa data que não possibilitam bastante descanso e recuperação.

Os principais fatores para o desenvolvimento da dor excessiva e lesão incluem:

- Fazer muito exercício em pouco tempo. É importante começar devagar e aumentar seu tempo de treino e intensidade ao longo do tempo. Aumentar de 10 em 10% pode ajudar a evitar a lesões por sobrecarga.

- Síndrome de Overtraining. Alguns atletas pensam erroneamente que mais exercício é melhor, e eles não conseguem obter o repouso adequado. Isso pode levar a uma doença crônica e lesão de esforço repetitivo. Isto também é comum em exercícios avançados que, de repente, aumentam o seu tempo ou a intensidade de uma forma abrupta (muitas vezes durante o treinamento para um evento).

- Retornar de uma lesão muito cedo. Muitos atletas tentam voltar de uma lesão muito rapidamente. Eles frequentemente desenvolvem uma lesão de esforço secundário, enquanto tentam compensar o tempo perdido.

- Usar uma técnica errada. A maioria das pessoas precisa de algum treinamento profissional no início de um novo esporte para aprender os fundamentos e desenvolver bons hábitos. Tenha em mente que todos nós somos únicos e alguns movimentos podem ser melhores se adequados às suas capacidades ou biomecânica. Um instrutor pode ajudá-lo a modificar exercícios para atender às suas necessidades específicas.

- Fazer apenas um tipo de exercício. Realizar o mesmo exercício, dia após dia, é outra maneira de acabar com uma lesão de esforço. Utilizar o mesmo grupo muscular e realizar o mesmo movimento repetidamente pode colocar uma quantidade enorme de tensão nos músculos, tendões e ligamentos, causando irritação, estresse, inflamação e até mesmo fraturas.

Mesmo se conseguir evitar uma lesão de esforço, pode acabar com desequilíbrio muscular, fraqueza e problemas de equilíbrio e postura. Para evitar esses problemas, é importante variar a rotina de treinamento físico e exercícios.

- Vestir os tênis errados. Usar o tênis correto é muito importante, especialmente para os corredores.

- O piso de corrida. O terreno que você corre também pode prejudicá-lo e facilitar as lesões. Procure correr em uma superfície lisa e sem muitas irregularidades do solo.

- O tratamento das lesões por sobrecarga. Tratar lesões por excesso de uso requer repouso dos tecidos estressados. Reduzir a intensidade, duração ou frequência do exercício é, muitas vezes, todo o tratamento necessário para alívio rápido. Colocar gelo na lesão também pode ajudar a reduzir a inflamação e dor. Para as lesões mais graves por excesso de uso, fisioterapia e repouso são essenciais. Para evitar o retorno de lesões por sobrecarga, os atletas devem manter um programa de treinamento que inclua variada intensidade e duração, bem como o tipo de atividade. O aquecimento antes do exercício e o alongamento após devem fazer parte da rotina do atleta.

veja também