Excesso de horas livres traz infelicidade

Excesso de horas livres traz infelicidade

Atualizado: Segunda-feira, 24 Outubro de 2011 as 9:14

Ter um tempinho para cuidar de si próprio é o sonho de muita gente que vive tentando se equilibrar entre a pressão do trabalho e os compromissos familiares.  

No entanto, o jornal inglês Daily Mail publicou os resultados de estudos que contrariam a tese de que quanto mais horas livres, maior a chance de relaxar e sentir-se bem consigo mesmo.

De acordo com pesquisas feitas na University of Cincinnati, em Ohio, e Baylor University, no Texas, ambas nos Estados Unidos, ter tempo livre demais pode ser bem pior do que não ter tempo para nada.

Para chegarem à essa conclusão, os pesquisadores ouviram 1.329 adolescentes, que responderam quanto tempo eles têm de sobra e o quanto são felizes.

Aqueles que afirmaram ter pouco tempo livre estão frequentemente infelizes, mas os adolescentes com muitas horas vagas também acabavam ficando sem ter o que fazer. A pesquisa concluiu que, para se sentirem felizes, o ideal é encontrar um equilíbrio - nem muitas horas vagas, nem poucas.

O estudo afirma também que viver com uma quantidade equilibrada de tempo livre pode trazer bem-estar e aliviar os efeitos colaterais negativos associados a uma sociedade orientada pelo consumo.

veja também