Exercícios leves previnem artrite óssea

Exercícios leves previnem artrite óssea

Atualizado: Segunda-feira, 29 Novembro de 2010 as 4:08

Pessoas com risco de sofrer de artrite óssea podem prevenir ou atrasar o início da doença com pequenas mudanças nas atividades físicas, segundo estudo apresentado no encontro da Sociedade Radiológica americana.

- De acordo com os resultados do estudo, atividades de alto impacto como a corrida, por mais de uma hora por dia pelo menos três vezes por semana, são associadas à degeneração da cartilagem e apresentam potencial risco de desenvolvimento da artrite óssea - disse o autor do estudo, Thomas M. Link, professor de radiologia da Universidade da Califórnia. - Por outro lado, exercícios leves podem proteger contra o início da doença.

A artrite óssea é uma doença degenerativa que causa dores, inchaço e enrijecimento nas articulações. De acordo com o Instituto Nacional de Artrite e Doenças de Pele, a artrite óssea é a forma mais comum de artrite e afeta cerca de 27 milhões de americanos acima de 25 anos.

Para o estudo, os pesquisadores recrutaram 132 pessoas sem sintomas de artrite óssea no joelho. Participaram 99 mulheres e 66 homens entre 45 e 55 anos, que foram separados em três níveis de exercício e treinamento de força. Os níveis de exercício incluíam sedentários, os praticantes de exercícios leves e moderados até vigorosos. O treinamento de força ia de nenhum a mínimo e frequente.

Exames de ressonância magnética revelaram que os praticantes de exercícios leves e pacientes com treinamento mínimo de força tinham a mais saudável cartilagem no joelho. Exercícios moderados a vigorosos em mulheres com qualquer treinamento de força foram associados à retenção de água e maior degeneração de colágeno no joelho.

- Os resultados neste grupo indicam que exercícios moderados a fortes podem acelerar a degeneração das cartilagens, com risco maior de desenvolvimento da artrite óssea - disse o co-autor do estudo, Keegan K. Hovis. - Esportes de baixo impacto como caminhadas ou natação são mais benéficos que corrida ou tênis. Nossas descobertas indicam que o exercício, particularmente a caminhada frequente é a escolha mais segura para manter a saúde das cartilagens - acrescentou.

veja também