Exercícios moderados podem ajudar a prevenir câncer de próstata, diz estudo

Exercícios moderados podem ajudar a prevenir câncer de próstata, diz estudo

Atualizado: Terça-feira, 17 Novembro de 2009 as 12

Homens que fazer exercícios moderados regularmente podem ter um menor risco de desenvolver câncer de próstata, segundo estudo publicado na edição de novembro do Journal of Urology. Avaliando a biópsia de 190 homens que tiveram resultados suspeitos no exame de toque ou no PSA, pesquisadores americanos descobriram que aqueles que exercitavam o equivalente a de três a seis horas de caminhada por semana tinham menos chances de serem diagnosticados com a doença.

As análises indicaram que, comparados aos sedentários, esses homens seriam quase 70% menos propensos a ter uma biópsia positiva para câncer de próstata - entre os sedentários, metade foi diagnosticada com a doença, enquanto, entre os moderadamente ativos, apenas 27% tiveram esses resultados. Além disso, os participantes mais ativos teriam 86% menos chances de ter a forma mais agressiva da doença - entre aqueles que não se exercitavam, 51% tinham o câncer mais agressivo, contra apenas 22% daqueles que faziam atividades físicas.

Segundo os autores, embora estejam alinhadas com os resultados de outros estudos, as descobertas não provam que os exercícios previnem o câncer de próstata, mas podem oferecer um incentivo extra para que os homens sejam fisicamente ativos. Eles acreditam que esses efeitos podem estar relacionados com o fato de os exercícios reduzirem os níveis de testosterona e outros hormônios que estimulam o crescimento de tumores na próstata, ou ao fato de a atividade física estimular o sistema imunológico e mecanismos antioxidantes que ajudaram a prevenir a doença.

veja também