Falha genética transforma gripe em doença grave

Falha genética transforma gripe em doença grave

Atualizado: Segunda-feira, 26 Março de 2012 as 10:26

Uma descoberta genética pode ajudar a explicar por que a gripe faz com que algumas pessoas fiquem doentes em estado grave ou até morram, enquanto outras são capazes de se livrarem logo das dores, tosse e espirros. Pesquisadores britânicos e norte-americanos encontraram um gene humano que influencia no modo com as pessoas respondem às complicações da gripe. As informações são do site Daily Mail.

A conclusão ajuda a explicar por que durante a pandemia de 2009/2010 da H1N1 ou "gripe suína", a maioria das pessoas infectadas tiveram apenas sintomas leves, enquanto outras adoeceram e morreram.

No futuro, a descoberta genética pode ajudar os médicos a identificarem aqueles mais propensos a serem derrubados pela gripe, permitindo que eles sejam selecionados para a vacinação prioritária ou tratamento preventivo durante os surtos, disseram os pesquisadores.

O líder do estudo, o britânico Paul Kellam de Sanger, afirmou que o gene, chamado ITFITM3, parece ser uma "linha crucial de frente de defesa contra a gripe". A presença do IFITM3 em grandes quantidades prejudicou a propagação do vírus nos pulmões, explicou. Já as pessoas com baixos níveis do gene deram chances de o vírus se replicar e se espalhar mais facilmente, causando sintomas mais graves.

veja também