Fuja do frango grelhado e inove no preparo da carne

Fuja do frango grelhado e inove no preparo da carne

Atualizado: Terça-feira, 22 Setembro de 2009 as 12

Ele é um verdadeiro clássico da dieta. Fonte de proteínas, com baixo teor de gordura e prático de preparar, o frango grelhado é sinônimo de prato magro. Mas mesmo com esses atributos, muita gente torce o nariz para ele. O problema não está na carne em si, mas no modo de preparo, que acaba enjoando com o tempo, ou é visto como sem graça. Mas é fácil entender a razão de frango é bem vindo em um regime alimentar. Enquanto 100 gramas de carne vermelha crua levam 155 kcal e 5,1 gramas de gorduras, a mesma quantidade de frango possui 119 kcal e 0,23 gramas de gorduras. Mas tem como fugir do frango grelhado e ainda conseguir um prato saudável, sem precisar abolir a ave do cardápio. "Versátil, o frango possibilita refeições práticas e, por isso, é muito utilizado por quem faz dieta", explica a nutricionista Renata Garrido Mendes, do Hospital Nove de Julho.  

Por que comer frango

Com elevado teor de aminoácidos (indispensáveis ao crescimento, conservação e reparação dos tecidos) e fonte de vitaminas do complexo B (útil para a formação de hemoglobina), a carne de frango é classificada como alimento saudável por ser pobre em gorduras, quando consumida sem a pele, já que essa pode ser até quatro vezes mais gorda que a própria carne. A seguir, a nutricionista lista diferentes modos de preparo para serem acrescentados ao seu dia a dia e enriquecer o preparo do frango.  

Desfiado

Uma alternativa saborosa são os pratos que levam o frango desfiado, como o recheio de panquecas e crepes. Para tornar a refeição ainda mais nutritiva, a dica é apostar em combinações com vegetais, como o espinafre e a escarola. "Vale também optar pelo leite desnatado e margarina light para o prato ficar mais leve", completa.

Cozido ou ensopado

Outra opção para quem está cansado do frango grelhado é partir para o modo de preparo na panela de pressão. Caso a panela de pressão não seja tentadora por conta da demora do processo, vale apostar no uso do micro-ondas como aliado, garantindo assim uma alimentação saudável.

Assado

Quando nenhuma das opções parece perfeita para substituir o frango grelhado, surge a tentação do frango assado. O cheirinho da carne dourando provoca água na boca só de pensar. Porém, existe aí uma armadilha no prato: a pele, que leva grande quantidade calórica. Enquanto 100 gramas de peito de frango assado com pele somam 162 kcal, a mesma quantidade, sem pele, carrega 150,5 kcal. "Para quem não quer prejudicar a dieta, a dica é retirar a pele, quando for consumir", salienta a nutricionista.  

Rolê de frango

Para inovar no preparo do frango, vale apostar no preparo do conhecido bife à rolê, substituindo a carne vermelha pelo frango. Além disso, o preparo permite inovar nos recheios, que podem ser a tradicional combinação de legumes e pimentão e, para quem quiser fugir um pouco do regime, partir para combinações como o bacon e a pimenta.

Ponto para o strogonoff

Dá para variar o tradicional strogonoff de carne pelo de frango. "Fica ainda mais leve com creme de leite e margarina light", sugere a nutricionista.

Quero frango grelhado!

Mas, se a ideia é não abolir o frango grelhado do cardápio, a nutricionista Renata Garrido Mendes aconselha usar a imaginação no momento de preparo. "É possível variar os acompanhamentos do prato principal para sair da salada de alface e até apostar em molhos diferentes para deixar o prato mais gostoso", explica. Segundo ela, vale optar pelos molhos branco, de ervas, limão, mostarda, de requeijão, entre outros.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também