Fumar prejudica formação de esperma

Fumar prejudica formação de esperma

Atualizado: Quinta-feira, 9 Setembro de 2010 as 1:39

Um novo estudo feito na Alemanha mostra que é uma boa ideia que o homem deixe de fumar antes de tentar ter um filho.

Os resultados indicam que o cigarro afeta a produção de esperma (fluído que transporta os espermatozoides), o que pode levar à infertilidade.

Os pesquisadores, da Universidade de Saarland, analisaram a presença de proteínas específicas chamadas protaminas, que tem um papel importante na formação do esperma: elas atuam no desenvolvimento dos cromossomos (longas “fitas” que carregam o nosso DNA) e têm influência na fertilidade do homem, tanto por meio do sexo quanto em procedimentos de fertilização in vitro.

No estudo, foram levadas em conta as concentrações de dois tipos de protaminas (P1 e P2) no esperma de 53 fumantes intensos, que consumiam mais de 20 cigarros por dia, e 63 homens que não consomem o produto.

A equipe de Mohamed Hammadeh descobriu que as concentrações de P2 eram 14% mais baixas nos fumantes, em comparação com os homens que não fumam.

Esses níveis podem levá-los à infertilidade, diz o pesquisador. Além disso, foi detectada uma diferença nas quantidades de P1 e P2, com o primeiro aparecendo mais que o segundo.

- Em homens normais, ferteis, a proporção entre P1 e P2 é praticamente a mesma. Qualquer aumento ou diminuição nessa divisão representa algum grau de infertilidade.

Para Hammadeh, os resultados são um alerta para os médicos e para os homens que fumam.

- Por causa dos efeitos ruins que o fumo tem sobre a fertilidade, os médicos deveriam avisar pacientes inferteis a parar de fumar antes de iniciar o tratamento.

fonte: R7

Postado por: Juliana Melo

veja também