Gêmeos surpreendem médicos ao ter apendicite com dias de diferença

Gêmeos surpreendem médicos ao ter apendicite com dias de diferença

Atualizado: Terça-feira, 1 Março de 2011 as 8:34

Os gêmeos britânicos John e Chris Atkin, de 35 anos, surpreenderam os médicos ao ter apendicite aguda com apenas dias de diferença.

Após sentir fortes dores abdominais no início do mês, John teve de ser levado ao hospital Hull Royal Infirmary para passar por uma cirurgia. Menos de uma semana depois, Chris começou a apresentar os mesmos sintomas e diz que foi levado às pressas para a mesa de operação.

- Por alguns dias, pela primeira vez em nossas vidas, nós não éramos idênticos porque um de nós não tinha apêndice, mas agora somos idênticos novamente.

A inflamação do apêndice não costuma ser associada a fatores genéticos, sendo geralmente atribuída à obstrução do conduto do órgão, que pode ser causada pelo aumento das células da parede do próprio apêndice, por fecalitos [fezes endurecidas], corpos estranhos como sementes e fibras e, mais raramente, por tumores.

Estimativas feitas em estudos médicos dizem que a chance média de alguém ter apendicite ao longo da vida é de cerca de 7%. O cirurgião Amyn Haki, do Kings College Hospital, falou sobre o caso à BBC Brasil.

- O fato de gêmeos sofrerem de apendicite quase simultaneamente é algo raríssimo, por isso relatamos casos como esses. Ainda não há muita evidência médica a respeito.

Conexão

Os irmãos contam que a conexão dos dois vai além do raro caso de apendicite. John se lembra de episódios da infância.

- Durante a infância, nós conseguíamos fazer testes de percepção extrassensorial. A gente sempre sabia exatamente o que o outro ia dizer.

Chris conta algo mais incomum.

- Quando tínhamos cinco anos, John quebrou a perna e eu senti a dor. Minha perna inchou. Dessa vez, eu senti dores logo depois que John teve apendicite. Eles [os médicos] me mandaram para casa, mas dias depois eles perceberam que meu apêndice havia rompido e tinha de ser removido.

John e Chris dizem ter personalidades bastante diferentes. Os irmãos já passaram muitos anos separados, mas John diz que o episódio da apendicite acabou aproximando-os novamente.

- Nossos pais não conseguiam acreditar, já que algo estranho assim não acontecia havia muito tempo.

A companheira de John, Emma Ratcliffe, também disse ter ficado chocada.

- Eu estou com John há 15 anos, mas não acontecia nada assim desde que eles eram muito mais jovens. John me contou que certa vez ele quebrou uma janela com o pé e Chris gritou antes mesmo disso acontecer, sem saber de nada.

veja também