Genética influencia risco de câncer de pulmão em não fumantes

Genética influencia risco de câncer de pulmão em não fumantes

Atualizado: Quarta-feira, 14 Abril de 2010 as 12

A ocorrência de câncer de pulmão em indivíduos que nunca fumaram constitui um importante problema de saúde pública. Um estudo realizado por pesquisadores norte-americanos e publicado na revista médica The Lancet Oncology de abril de 2010 avaliou a base genética do câncer de pulmão em indivíduos que nunca fumaram.

O estudo foi realizado em quatro fases. Na primeira, foram avaliados polimorfismos de nucleotídeo único (PNUs) em 754 nunca fumantes. Na segunda, os PNUs selecionados na primeira etapa foram validados em 988 nunca fumantes. Na terceira, foi realizada nova replicação dos PNUs selecionados em 530 nunca fumantes. Finalmente, foram analisadas as diferenças na expressão quantitativa de lócus alvos e na expressão gênica.

Foram identificados 44 PNUs, que poderiam alterar o risco de câncer de pulmão em nunca fumantes. O PNU rs2352028, localizado no cromossomo 13q31.3, foi subsequentemente replicado. A análise mostrou forte correlação entre os PNUs replicados e o nível de transcrição do gene GPC5 em tecidos pulmonares normais e no tecido pulmonar com adenocarcinoma.

Este estudo mostra que variações genéticas em 13q31.3 alteram a expressão de GPC5 e estão associadas à susceptibilidade ao câncer de pulmão em nunca fumantes. A infrarregulação do GPC5 pode contribuir com o desenvolvimento de câncer de pulmão nestes indivíduos.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também