"Ginástica do gato" pode prevenir a LER

"Ginástica do gato" pode prevenir a LER

Atualizado: Quarta-feira, 27 Fevereiro de 2008 as 12

Desde o ano 2000, o último dia do mês de fevereiro é considerado o Dia Internacional de Combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) ou Distúrbios Ósteo Musculares Relacionados ao Trabalho (DORT). Tais siglas abrigam doenças como a Tendinite, a Bursite, a Síndrome do Túnel do Carpo, a Síndrome do Corpo Doloroso entre outras diversas doenças que afastam milhares de trabalhadores de seus postos de trabalho todo ano.

Pensando em uma melhor qualidade de vida, o Engenheiro de Segurança no Trabalho, Osny Telles Orselli, desenvolveu uma técnica que chamou de ginástica, mais especificamente como "Ginástica do Gato" e tem como objetivo estimular as pessoas a fazerem pequenos alongamentos e reduzir o estresse enquanto trabalham. Segundo Osny, o sucesso da "ginástica" está em fazer os mesmos movimentos de um gato. "Ele se espreguiça, alonga e boceja em intervalos regulares. Assim, a cada hora é interessante que o funcionário se levante e estique os braços, os dedos e beba pelo menos um copo d' água", afirma.

Segundo dados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), a LER é responsável pela segunda causa de afastamento dos trabalhadores de seus postos de trabalho. Em sua maioria, jovens e mulheres apresentam os maiores índices da doença. Bancários, operadores de linha de montagem, operadores de telemarketing, secretárias e jornalistas encabeçam as estatísticas de aquisição destas doenças.

De acordo com o Instituto Nacional de Prevenção às LER/Dort, a única saída para evitar essa síndrome é investir na educação e na conscientização tanto dos funcionários, como dos empresários. Investir em uma boa qualidade de vida e em um dia-a-dia mais saudável e menos desgastante são fatores que favorecem a redução dos riscos de se adquirir a LER.

Os sintomas são muitos, o que importa é estar atento às dores. Diminuição da força muscular, formigamento, sensação de peso nos membros e perda de controle de movimentos podem ser sintomas de doenças ocasionadas por esforço repetitivo.

Postado por: Claudia Moraes

veja também