Hidroterapia melhora o equilíbrio e diminui o risco de quedas em idosas, diz estudo

Hidroterapia melhora o equilíbrio e diminui o risco de quedas em idosas, diz estudo

Atualizado: Terça-feira, 14 Julho de 2009 as 12

A falta de equilíbrio e as quedas são problemas relevantes na faixa geriátrica.A hidroterapia é utilizada para tratar doenças reumáticas, ortopédicas e neurológicas.Um estudo demonstrou o efeito benéfico de um programa de hidroterapia no equilíbrio e risco de quedas em idosas.

Foram avaliadas 25 mulheres idosas por meio de duas escalas, a Escala de Equilíbrio de Berg e Timed Up & Go. Posteriormente, foram submetidas a um programa de hidroterapia para equilíbrio, de  baixa a moderada intensidade, que consistiu de três fases: fase de adaptação ao meio aquático, fase de alongamento e fase de exercícios estáticos e dinâmicos para equilíbrio.

O programa foi aplicado durante 12 semanas, sendo duas sessões semanais com 40 minutos de duração cada sessão. As idosas foram reavaliadas após a sexta e a 12ª semanas do programa de hidroterapia. Os autores do estrudo concluíram que a hidroterapia promoveu aumento significativo do equilíbrio das idosas, avaliado por meio da Escala de Equilíbrio de Berg e pelo teste Timed Up & Go, e ainda, redução do risco de quedas, de acordo com o modelo de Shumway-Cook et al. Acredita-se  que a hidroterapia aumentou o equilíbrio e reduziu o risco de quedas nas mulheres idosas.

veja também