Hipertensão na gravidez: preste atenção mesmo depois do parto

Hipertensão na gravidez: preste atenção mesmo depois do parto

Atualizado: Segunda-feira, 10 Janeiro de 2011 as 9:14

Não se sabe exatamente o porquê, mas algumas mulheres apresentam o aumento dapressão durante a gestação. Os pesquisadores acreditam que a disfunção seja provocada por substâncias produzidas na placenta. Elas seriam capazes de contrair o endotélio, levando à hipertensão, que tende a desaparecer depois do nascimento do bebê. Mas o fato de ser transitória não significa que você não precise dar muita atenção a ela.

O perigo é o famoso estado de eclampsia — a pressão sobe tanto, que nas vésperas do parto a mulher pode sofrer convulsões graves e até morrer. Portanto, todo cuidado é pouco.

Apesar de o problema da hipertensão ir embora depois do nascimento, estudos sugerem que o tecido dos vasos sanguíneos guarda mágoas desses nove meses contínuos sob pressão. Fica ligeiramente machucado, aumentando o risco de doença cardiovascular no futuro. Portanto, toda mulher que enfrentou a pré-eclampsia precisa zelar pelo coração com exames periódicos e muita disciplina. Afinal, quem passou por isso seria duas vezes mais propensa a ter um problema coronário e teria quase o dobro de probabilidade de sofrer um AVC.

É importante frisar também que, numa segunda gravidez, o risco será ainda maior, já que os estragos estariam se acumulando. O acompanhamento médico precisará ser muito mais intenso.

veja também