Influenza: Chile critica medida adotada pelo Brasil

Influenza: Chile critica medida adotada pelo Brasil

Atualizado: Quinta-feira, 25 Junho de 2009 as 12

A decisão do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, de recomendar aos brasileiros que adiem viagens para países onde circula o vírus da gripe A motivou críticas da presidente do Chile, Michelle Bachelet. Na Argentina, a medida foi classificada como "razoável" pelas autoridades.

Ao saber da recomendação, Michelle disse que a solução para a epidemia "não é fechar as portas à entrada". A presidente atribuiu a sugestão de Temporão "ao susto e ao medo" causado pela propagação do vírus.

Já a ministra da Saúde da Argentina, Graciela Ocaña, disse que o governo brasileiro não deve ser criticado por ter recomendado que a população evite viagens para esses países.

- É uma recomendação de saúde como a que nós fizemos, para que as pessoas evitassem viajar a zonas de risco, como Estados Unidos, Canadá e México – afirmou a ministra.

A medida também ganhou espaço na edição online do principal jornal argentino, o Clarín. Entre os comentários dos internautas, um leitor escreveu que "está certo o que faz o Brasil".

Ontem, 24 de junho, pela primeira vez, foi registrada uma morte por gripe A no interior da Argentina, em El Soberbio, uma localidade a 250 quilômetros de Posadas, próximo da fronteira com o Brasil. A vítima era um homem de 30 anos.

veja também