Internações de idosos com pneumonia crescem no país

Internações de idosos com pneumonia crescem no país

Atualizado: Sexta-feira, 13 Maio de 2011 as 11:02

O número de internações relacionadas à pneumonia no Brasil aumentou 15% em idosos de 70 a 79 anos e 45% entre os maiores de 80, entre 2000 e 2007.

  Aumentou também, em 13%, a incidência de pneumonia em adultos maiores de 50 anos hospitalizados.

Os dados sobre a doença no Brasil foram apresentados no 21º Congresso Europeu de Microbiologia Clínica e Doenças Infecciosas, que terminou ontem, em Milão, na Itália.

As informações também foram publicadas no "International Journal of Infectious Diseases".

O pneumologista Ricardo Corrêa, professor da Universidade Federal de Minas Gerais, que esteve no congresso, cita o envelhecimento da população como fator de aumento de internações.

"O idoso sofre mais, porque já tem doenças que prejudicam a imunidade."

Já Mauro Zamboni, ex-presidente da Sociedade Latino-americana do Tórax, acredita que esse aumento reflete o grande número de internações desnecessárias.

"No Brasil, mais da metade das pessoas com pneumonia são internadas. Segundo dados da literatura, essa taxa deve girar em torno de 20%, quando são seguidos corretamente os critérios."    

veja também