Intestino preso da criança: como evitar e dicas para aliviar

Intestino preso da criança: como evitar e dicas para aliviar

Atualizado: Terça-feira, 9 Novembro de 2010 as 4:02

O intestino do seu filho funciona direitinho? Saiba que há crianças que têm tanto problema de constipação que chegam até a precisar fazer um tratamento e lavagem intestinal. Um estudo realizado pelo Johns Hopkins Children´s Center, nos Estados Unidos, revelou que aumentou em 30%, entre 2008 e 2009, o número de casos de crianças norte-americanas com crises graves e crônicas de constipação. Entre os motivos, estão a falta de alimentação e hidratação adequadas.

No Brasil, apesar de não haver uma pesquisa sobre essa prevalência, de acordo com Adriana Barbosa, pediatra do Hospital São Camilo (SP), esse tipo de situação também é comum. "Há crianças que chegam ao hospital depois de uma semana sem fazer cocô. Então é preciso fazer uma lavagem intestinal", diz. Em seguida, a criança tem de ser encaminhada para um especialista para tomar medicamentos que ajudem a regularizar o hábito intestinal. A especialista afirma ainda que não há uma regra sobre a frequência da evacuação das crianças. Algumas fazem cocô todos os dias, outras não. Mesmo que o intestino dela funcione a cada dois ou três dias, se ela não tiver desconforto na hora de ir ao banheiro e as fezes forem inteiras (e em formato de bolinhas duras), não tem porquê se preocupar.

Para evitar o intestino preso, segundo a nutricionista Nelly Yoneyama Fortunato, do Hospital São Luiz (SP), a principal regra é andar com uma garrafinha de água para onde você for com o seu filho. "É preciso ainda eliminar os refrigerantes, que não têm vitaminas e só engordam, e substituí-los por água, água de coco e sucos naturais", diz. Boas opções são aqueles laxativos, como os de laranja, que podem ser batidos com cenoura, beterraba ou folhas de espinafre, que têm fibras e ajudam a ida ao banheiro.

Lembre-se também que a atividade física é importante e que, mesmo comendo fibras, se não ingerir bastante água (2 litros para adulto e 1 litro a 1 litro e meio para criança), a constipação pode acontecer. Na hora de preparar o almoço e o jantar, não se esqueça da salada e da criatividade. "Para que as crianças comam melhor, coloque folhas menos amargas, como alface, acelga, repolho bem picadinho. Mescle o prato com minimilhos, cenouras baby e ovos de codorna, que elas adoram", afirma. Evite dar ao seu filho muita massa, como macarrão e pão. Prefira as versões integrais e, na hora de fazer um lanche, queijo fresco com cenoura ralada e alface é uma boa pedida. Para a refeição da tarde e o café da manhã, vale apostar em cereais e iogurtes.

As frutas também não devem ser esquecidas. Só evite aquelas que podem prender o intestino, como maçã e banana-maçã. Ofereça ao seu filho melancia, laranja, manga, uva. São opções que você pode levar para a praia ou parque, no lugar dos salgadinhos e frituras, que, além de engordar, prejudicam o funcionamento do intestino. Uma receitinha simples e natural que ajuda quando seu filho estiver com um pouquinho de dificuldade para ir ao banheiro é pegar três ameixas secas e colocar para ferver com 200 ml de água. Amasse a ameixa e coe e dê para a criança tomar junto com algum outro suco. Mas fique de olho com qualquer queixa de dor na barriga e inchaço abdominal.

DICAS RÁPIDAS

Em vez de:

refrigerante massas e pães maçã e banana-maçã

Prefira:

água, água de coco e sucos naturais cereais, iogurtes, legumes e verduras melancia, laranja, uva e manga

veja também