Inverno causa queda de 30% nos estoques de leite materno em SP

Inverno causa queda de 30% nos estoques de leite materno em SP

Atualizado: Sexta-feira, 21 Maio de 2010 as 2:44

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo convoca as mulheres em fase de amamentação para doarem o leite materno. Com a chegada do inverno, os estoques de leite nos hospitais sofrem uma queda de 30%.

Geralmente, são coletados em todo o Estado 1.500 litros de leite por mês, número baixo e insuficiente para atender à demanda. O ideal seria o quase o dobro dessa quantidade.

No banco de leite do Hospital e Maternidade Leonor Mendes de Barros, na capital paulista, já foi constatada redução de 25% no estoque entre os meses de março e abril.

São Paulo é o Estado que tem o maior número de bancos de leite humano, com quase 50 centros especializados. A lista completa das unidades pode ser consultada pelo endereço eletrônico http://www.fiocruz.br/redeblh.

Mulheres não portadoras de doenças crônicas, que não fazem uso de nenhum tipo de medicamento, não fumantes e que não ingerem bebidas alcoólicas são possíveis doadoras. Após procurar um local de coleta, é feito um cadastro e agendada uma visita à casa da doadora para recolhimento do leite.

"Além de auxiliar as crianças que precisam, a doação beneficia também a mãe doadora, que perde peso mais rapidamente, reduz o risco de câncer de mama e ovários e de osteoporose". explica Maria José Guardia Mattar, coordenadora do banco de leite humano do Hospital Maternidade Estadual Leonor Mendes de Barros.

Doações

Para doar basta ir até um Banco de Leite Humano ou entrar em contato com o Centro de Referência de São Paulo, pelo telefone (11) 2692-4068. No interior as interessadas podem obter mais informações pelo telefone (16) 3610-2649.

Todo leite humano doado passa por um processo de pasteurização, é submetido a controles de qualidade e distribuído aos bebês prematuros e outras crianças que são clinicamente impossibilitados de receber leite do seio materno.

Por: Iara Biderman

veja também