Joias implantadas nos olhos podem trazer riscos

Joias nos olhos vira tendência nos EUA

Atualizado: Sexta-feira, 17 Janeiro de 2014 as 6

Tudo que é tendência e novidade, surge primeiro pelos americanos. A mai recente novidade são as joias de titânio implantadas nos olhos. Os oftalmologistas estão espantados. Os formatos das joias podem variar, entre elas um cração, estrela, entre outros desenhos.

A técnica se originou na Europa, onde as joias oculares são implantadas há anos. Com anestesia, uma pequena incisão é feita na conjuntiva, a membrana fina e transparente que cobre a parte branca do olho, e lá o adereço é colocado.
 
joias nos olhosA Academia Americana de Oftalmologia reuniram-se e emitiram alertas sobre a tendência. O texto diz que não há evidências sobre a segurança do procedimento e pede que as pessoas não coloquem nos olhos qualquer tipo de material que não tenha sido aprovado pela FDA (agência que regula remédios e dispositivos médicos nos EUA). 
Entre os riscos envolvem perfuração do olho, conjuntivite, hemorragia e até cegueira causada por infecção grave ou sangramentos.
 
"Agredir dessa maneira uma estrutura tão delicada como o olho só aumenta a chance de problemas", afirma Virgílio Centurion, oftalmologista e diretor do IMO (Instituto de Moléstias Oculares), em São Paulo.
 
Ainda segundo ele, um objeto estranho pode dificultar o piscar dos olhos e até rasgar o tecido ao coçar o olho, por exemplo. "Acho difícil tolerar isso a longo prazo, já que qualquer grão ou sujeira já nos incomoda tanto."
 
Ainda não há casos de implante de joias nos olhos aqui no Brasil.
 
 
 
Com informações de: Folha de São Paulo

veja também