Liminar que obrigava vacinação contra gripe suína em todo o Paraná é suspensa

Liminar que obrigava vacinação contra gripe suína em todo o Paraná é suspensa

Atualizado: Terça-feira, 4 Maio de 2010 as 11:27

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador federal Vilson Darós, suspendeu nesta segunda-feira, dia 3, a liminar que ordenava a disponibilização de doses suficientes de vacina contra o vírus da gripe A ( H1N1), popular gripe suína, para imunizar toda a população do Paraná.

Em nota divulgada pelo TRF, o magistrado afirma que “a manutenção da medida poderia causar grave dano à ordem pública, comprometendo política previamente articulada com o objetivo de vacinar os grupos de risco, o que provavelmente ocorreria diante da falta de doses para o atendimento de todos”.

O desembargador salientou a documentação apresentada pela União, que comprova não haver doses suficientes para atender toda a população - a quantidade atual atende a menos de 1/3 das pessoas em todo o mundo e, no Brasil, a metade da população.

O Ministério Público Federal do Paraná não pode mais recorrer da decisão. Somente pode recorrer a Procuradoria Regional da 4ª Região, em Porto Alegre (RS). A reportagem do R7 não conseguiu entrar em contato com a procuradoria até o fechamento da matéria.

No último dia 12 de abril, a 2ª Vara Federal de Curitiba concedeu liminar solicitada pelo Ministério Público Federal, ordenando à União e ao Estado do PR que garantissem a vacinação de todos os paranaenses.

veja também