Lipoaspiração só funciona com mudança de hábitos de vida

Lipoaspiração só funciona com mudança de hábitos de vida

Atualizado: Sexta-feira, 28 Outubro de 2011 as 10:32

O Brasil é o segundo país no ranking mundial de cirurgias plásticas. Atualmente são realizadas mais de 1.700 cirurgias plásticas, ou seja, a cada hora, são 71 operações. O país só perde em número de plásticas para os Estados Unidos, o primeiro da lista em todo o mundo.

Dentre as cirurgias mais procuradas está a lipoaspiração.

A lipo consiste em retirar a gordura com uma cânula metálica.

Os médicos alertam que a lipoaspiração não é um tratamento para a obesidade e sim, para retirar determinadas gorduras da região do organismo.

A prática dá resultado, asseguram os médicos. No entanto, é preciso que o indivíduo se conscientize da importância de incluir hábitos saudáveis em sua vida.

Um estudo da Universidade de Colorado, nos Estados Unidos, constatou que se o paciente continuar se alimentando com gordura e açúcar e manter uma rotina sedentária, a cirurgia tem prazo de validade.

Depois de acompanhar mulheres que se submeteram a lipoaspiração e que não mudaram seus hábitos, a gordura extraída voltou após um ano. E dessa vez a situação se agravou, porque boa parte dela havia ido para o fundo do abdôme.

Os cientistas acreditam que essa gordura cria uma espécie de resistência. Para os médicos, a lipoaspiração só surte efeito se o paciente mudar seus hábitos de vida incluindo em sua rotina um cardápio saudável e equilibrado à prática de atividades físicas.

veja também