Luz fluorescente pode ser usada para tratamento de doentes

Luz fluorescente pode ser usada para tratamento de doentes

Atualizado: Quarta-feira, 28 Outubro de 2009 as 12

A General Eletric Consumer & Industrial está estudando, com dois centros médicos norte-americanos, a utilização da luz fluorescente para tratamento de pacientes que sofrem de males como a demência.

Uma equipe de pesquisadores acredita que a exposição à luz branco-azulada pode ajudar a regular o ciclo de sono-vigília.

O estudo está sendo comandado por pesquisadores da faculdade de enfermagem Frances Payne Boltone e da faculdade de medicina da Universidade Case Western Reserve, juntamente com o Centro de Pesquisa Geriátrica (GRECC) do Centro Médico Louis Stokes da cidade de Cleveland, o Centro de Pesquisa em Iluminação do Instituto Politécnico Rensselaer e a GE Consumer & Industrial.

Os pesquisadores realizaram uma avaliação em uma clínica com ausência de luz natural, para determinar se as novas cores de luz fluorescentes desenvolvidas pela GE podem ajudar a sincronizar o ciclo sono-vigília dos pacientes hospitalizados por um longo período.

Em estudo-piloto, realizado recentemente com cinco pacientes do sexo masculino, todos eles sofrendo de demência senil e internados em uma clínica de tratamento extensivo para idosos, os pesquisadores trocaram as lâmpadas fluorescentes comuns por protótipos de luzes branco-azuladas em uma sala onde a maioria dos pacientes se reunia para comer e realizar atividades diurnas.

De acordo com o estudo, ao aumentar a exposição à luz branco-azulada durante o dia e à luz branco-amarelada à tarde, os pesquisadores esperam ajudar os pacientes a regular os seus ciclos, de modo que estejam mais acordados durante o dia e durmam melhor à noite.

Caso comprovem que trocar a iluminação servirá para melhorar a saúde das pessoas, os pesquisadores já planejam influenciar as políticas públicas com o objetivo de incluir novos padrões de iluminação em hospitais, clínicas e centros de atendimento a pacientes. E, dessa forma, melhorar a qualidade de vida dos pacientes ao proporcionar uma recuperação mais rápida.

veja também