Maioria dos pacientes com câncer em São Paulo está desnutrida

Maioria dos pacientes com câncer em São Paulo está desnutrida

Atualizado: Terça-feira, 29 Março de 2011 as 8:03

Levantamento feito pelo Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo) aponta que 60% dos pacientes com câncer estão desnutridos.

A falta de apetite é comum no início do tratamento. Uma boa alimentação, entretanto, estimula o sistema imunológico, evita perda muscular e pode reduzir em 10% a taxa de mortalidade, segundo o estudo, realizado neste mês.

"A equipe nutricional é importante para o resultado do tratamento", salienta o oncologista Ricardo Antunes, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cancerologia.

A dieta diária dos pacientes deve conter carnes ou ovos; cinco porções de frutas, legumes e verduras; cereais e alimentos integrais, além de leite e derivados, segundo a nutricionista Lia Buschinelli, do Instituto Paulista de Cancerologia.   GELADOS

O que determina mudanças são os efeitos colaterais que cada um sente após a químio ou no pós-cirúrgico.

Um dos mais frequentes é a náusea, que pode ser acompanhada de vômitos.

Nesse caso, alimentos gelados têm melhor aceitação: "Sucos, iogurtes, leite batido, sorvetes, sopas, ou até carnes frias", indica Lia.

"Pacientes em tratamento que estão com risco de anemia devem intensificar o consumo de carnes e de alimentos ricos em vitamina C. Os com linfomas e leucemias devem evitar alimentos crus, devido ao risco de contaminação, em função da baixa imunidade", alerta.

Quem faz químio e radioterapia não deve consumir suplementos antioxidantes. Excesso de nutrientes anula o efeito do tratamento.  

veja também