Mais de 1 milhão já foram vacinados contra gripe A em SP

Mais de 1 milhão já foram vacinados contra gripe A em SP

Atualizado: Terça-feira, 30 Março de 2010 as 12

A campanha de vacinação contra a gripe suína --a gripe A (H1N1) -- já vacinou mais de 1 milhão de pessoas apenas no Estado de São Paulo. Até o fim da campanha o numero de paulistanos imunizados deve atingir a marca de 20 milhões segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo balanço divulgado nesta segunda-feira pela pasta, a marca de 1 milhão de pessoas vacinadas foi atingida no dia 24 de março, 16 dias depois do início da campanha. Nesse período, foram imunizados 500 mil trabalhadores da saúde, 227 mil crianças com idades entre seis meses e menores de dois anos, 110 mil gestantes e 205 mil pacientes com doença crônica.

Desde o dia 22 de março estão sendo imunizadas gestantes, crianças com idades entre seis meses e dois anos, além de portadores de doenças crônicas. A primeira etapa --realizada entre o dia 8 e o dia 19 de março-- foi destinada apenas para profissionais de saúde e indígenas. A próxima etapa deve começar no dia 5 de abril. Apesar disso, as gestantes ainda poderão receber a dose neste período.

A terceira etapa seguirá até o dia 23 de abril e será destinada a população de 20 a 29 anos. Entre 24 de abril a 7 de maio, receberão a vacina idosos com 60 anos ou mais portadores de doenças crônicas. Os demais idosos irão tomar a vacina contra a gripe comum. No período de 10 a 21 de maio, serão imunizados adultos de 30 a 39 anos.

Durante toda a campanha, as pessoas terão à disposição 3.800 pontos de vacinação no Estado, localizados nas Unidades Básicas de Saúde. As unidades funcionarão de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A recomendação é que as pessoas levem a caderneta de vacinação.

A vacinação de grupos prioritários segue parâmetros da OMS (Organização Mundial da Saúde), que recomenda a imunização de trabalhadores de serviços de saúde, indígenas, além de gestantes e pessoas com doenças crônicas. O Ministério da Saúde ainda não informou quando a vacina estará disponível para o restante da população.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também